Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Minha História - Christian Key Yoshida

8/4/2003, por Flávia de Almeida Prado

Voltar para Menu das Histórias de Corredor
*Texto de no máximo 4 mil caracteres [ou duas (02) páginas]
**máximo cinco (05) Imagens em JPEG - resolução 150 DPIS
OS TEXTOS SERÃO REVISADOS E EDITADOS SEGUNDO CRITÉRIOS DE REDAÇÃO CORPORE.ORG.BR
Exclusivo para Associados Corpore

Christian Key Yoshida - Corredor Associado Corpore em Minha História

Perseverança - O difícil é começar

No começo de fevereiro do ano passado eu, Christian Key Yoshida, brasileiro, casado, pai de um menino de 7 anos: com 1,70m, pesava 93kg, fumava e bebia na noite, passando muito tempo na boemia.

Já não conseguia nem amarrar os sapatos mais. Com minha auto-estima pra lá de baixa e com um peso que já começava a afetar meus joelhos, refleti sobre o que seria da minha vida e a da minha família, caso não mudasse meus hábitos alimentares e meus vícios.

Procurei uma endocrinologista e resolvi que já era tempo de cuidar de mim. E foi no consultório da médica que resolvi começar a correr, exatamente quando ela disse: "Por que você não pratica uma atividade física? Andar e correr não custa quase nada..."

Com muito sacrifício, a base de medicamentos, e uma dieta de 1200 calorias diárias, comecei a praticar uma disciplina alimentar e a caminhar 15 minutos na avenida perto de casa.

Na primeira semana, quase desisti, pois me achava feio e gordo para sair na rua. Depois de duas semanas, e 8 kg mais magro, já tinha mais disposição e ânimo. Comecei a caminhar e depois a fazer um leve trote de 30 minutos, aumentando cada vez mais meu percurso.

Passado um mês e meio depois, 23kg mais magro, sentia-me ótimo com disposição de até correr a São Silvestre - e foi essa a minha meta, me preparar para enfrentar a São Silvestre. Para isto, durante o ano, participei de várias provas menores mas não menos importantes, de 6km a 10km, entre elas diversas corridas de rua da Corpore.

No final de tudo, larguei entre os desconhecidos corredores na av. Paulista e terminei triunfante a São Silvestre em 1hora e meia.

Depois desta fabulosa experiência, só tenho a agradecer às pessoas que me incentivaram: minha esposa e meu filho, meu amigo Taka (professor de educação física e personal trainer), ao pessoal das antigas (RAK, Gira, Harada, Shida, Tita, Kazu) e falar pra todo mundo que o melhor é estar saudável.

Persevere! Pois o difícil mesmo é começar!


Associado Corpore: Gostou da história que acabou de ler? Pois então colabore com esta coluna. Divida suas histórias com outros corredores. Para isso, nos envie seu texto* e imagens** para [email protected] e aguarde a publicação aqui no site! Participe





 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Flávia de Almeida Prado

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH