Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 
Médicos se juntam para criar nova academia

Depois de 10 anos de estudos, três médicos se juntaram para criar um novo conceito de academia, no qual eles enfatizam a recuperação, os primeiros passos do atleta no esporte ou prevenir lesões. “Criar uma academia com enfoque médico foi o passo decisivo para a abertura da nossa academia”, afirma Benjamin Apter, médico especialista em ortopedia, traumatologia, medicina esportiva e pós-graduado em fisiologia do exercício, que em conjunto com o reumatologista Ari Stiel Radu e o angiologista Nelson Wolosker, abriu há um ano a B-Active.

Atuando na medicina esportiva há 16 anos, Benjamin sempre praticou esportes e acredita que esse é um fator muito importante para trabalhar nessa área, pois “a teoria não é o suficiente para entender os gestos esportivos dos atletas, é preciso conhecer os esportes na prática”, afirma.

Confira entrevista com Benjamin onde ele fala um pouco sobre a academia, sua criação e o trabalho lá realizado, inclusive com corredores:

Como foi a criação da B-Active?
A academia foi idealizada e aberta ao público em função de dez anos de estudo, pesquisa e desenvolvimento de métodos do Centro de Estudos e Ciência da Atividade Física da Faculdade de Medicina da USP onde sou Professor do curso de pós-graduação.

Qual a proposta que vocês trazem?
Atender o público que precisa fazer academia de ginástica com acompanhamento médico, fisioterapêutico e nutricional baseado em conceitos atuais em medicina esportiva. Atender aos objetivos de cada indivíduo sem discriminação da idade, sexo ou condicionamento físico, proporcionando resultados com segurança e conforto.

Vocês trabalham com um público especifico?
A B-active atende pessoas de qualquer nível de aptidão física. Está indicada para pessoas que procuram qualidade e resultados com acompanhamento médico, fisioterapêutico, nutricional, educadores físicos com todo o suporte de uma equipe altamente qualificada.

Qual o tipo de atendimento que vocês dão aos alunos?
Antes de iniciar os treinos os alunos passam por uma avaliação médica e fisioterapêutica. Após estas avaliações o médico traça o treino para cada aluno, baseado nos seus objetivos e condicionamento físico. Avaliação nutricional poderá ser solicitada. Os treinos Indoor são realizados em grupos de no máximo três alunos por professor em dias e horários previamente agendados. Todos os profissionais da B-Active são pós-graduados em fisiologia do exercício pela USP. Temos também parceria com algumas equipes de corredores no parque do Ibirapuera onde fazemos todas as avaliações e recomendações, aos coordenadores, necessárias para um treino seguro dos seus alunos.

Quais os tipos de pessoas que mais procuram seus serviços?
Em geral são pessoas que procuram treinar segurança e ter acompanhamento e supervisão médica. Temos um público eclético que variam de atletas iniciantes, avançados e até mesmo indivíduos sedentários que querem iniciar atividade física de forma eficaz. Temos também encaminhamento de médicos de diversas especialidades que indicam a nossa academia As pessoas que vêm aqui não estão preocupadas com a roupa da moda nem com paquera, vem porque querem resultados.

Como são os programas para essas pessoas?
Os programas são individualizados para atender os objetivos da cada indivíduo. Os programas mais requisitados são aqueles para melhora da performance, fortalecimento muscular, flexibilidade, postura, estabilização articular, dor crônica, reabilitação, perda de gordura localizada e estética.


Para um corredor já habitual, qual a importância de treinar em uma academia que conta com médicos, fisioterapeutas, etc? Você acredita que um treinamento com esses profissionais pode fazer com que ele melhore a sua performance?

Ao contrário do indivíduo idoso, pouco treinado, onde pequeno trauma causa uma lesão imediata, no idoso treinado e adulto jovem o trauma é causado por esforço repetitivo. Quando o esportista esta treinando e sente dor, ele não se preocupa porque a dor vai passar. Isso foi um sinal que algo estava errado, mas ele vai insistindo no treino até que um dia aparece a lesão propriamente dita. Nosso trabalho é propiciar um treinamento sem dor de forma gradual e progressivo onde o esportista poderá obter maior rendimento quando submetido a situações de stress muscular e articular.
O trabalho muscular é fundamental para prevenir lesões de stress, de esforço repetitivo, muscular, ligamentar, capsular e entorses.
Para provas curtas o fortalecimento muscular é importante para aumentar a potência. Para treinos acima de 60 minutos e endurance é fundamental para o fornecimento de energia.
O treino prescrito e acompanhado por médicos e fisioterapeutas resulta em ganho de massa muscular e estabilização articular sem riscos de lesões no sistema músculo-esquelético.
O enfoque médico é voltado para o esporte e treinamento visando melhorar a performance e diminuição do tempo de recuperação após os treinos ou provas.
A orientação por profissionais ligados ao esporte esclarece as dúvidas do aluno, favorece a parte psicológica e aumenta o seu rendimento.

E para atletas que estão se iniciando ou pensando em começar no esporte?
Para estes diria que é imprescindível, pois iniciar um treinamento sem o preparo físico adequado pode resultar em lesões e tirar o aluno do esporte. Quando isto acontece é difícil ele voltar a treinar.



 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Marcel Trinta

2002-2023 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH