Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Analise técnica da VIII Meia Maratona

13/04/2007, por Corpore

Análise técnica feita pelo ultramaratonista e personal trainer Agnaldo Sampaio (técnico da Equipe Top Spin / Acrimet / Runtech, professor de corrida da academia Top Spin, diretor do site Runtech).

A VIII Meia Maratona da Cidade de São Paulo CORPORE - vem sem nenhuma mudança em seu percurso em relação à edição anterior. A largada é dentro da USP na Avenida Professor Luciano Gualberto em uma leve descida, deixando o 1º km da prova muito rápido, onde os corredores devem tomar muito cuidado para não se empolgar no início e comprometer o seu desempenho no restante da corrida. No final da Avenida Professor Luciano Gualberto, os atletas viram à direita e seguem pela Avenida Professor Almeida Prado até a Avenida Professor Melo Moraes (Av. da Raia Olímpica) na qual correm uns 800 metros e entram à direita numa rua plana onde correm por uns 500 metros contornando à esquerda e voltando pela mesma rua no sentido contrário até atingir outra vez a avenida da Raia Olímpica, também totalmente plana; seguem nela até o portão 1 de entrada da USP que é o 5º km da prova. Neste ponto os atletas deixam a USP pelo portão de entrada dos veículos e logo à frente entram à esquerda na Rua Alvarenga e seguem nela até alcançar a Ponte Cidade Universitária.

Após a leve subida da Ponte, os corredores podem descansar em sua descida até a Praça Panamericana, onde viram à esquerda na Avenida Fonseca Rodrigues, no sentido contrário ao trânsito e em direção ao Parque Vila Lobos até atingir a Avenida Quirino Filho, onde contornam a Praça Apecatu, km 9 da prova, e retornam também pela Rua Fonseca Rodrigues em direção à Praça Panamericana. Passam pela Praça e seguem em frente aproximadamente 1 km pela Avenida Pedroso de Moraes até entrar à direita na Rua Costa Carvalho e no final entram à direita na Rua Sumidouro e logo à esquerda na Rua Eugênio de Medeiros até a subida de acesso ao viaduto Bernardo Goldfarb, atingindo o km 15 da prova.

Depois da subida, os corredores podem aproveitar a descida do viaduto para descansar. A partir daí correm aproximadamente 1 km até atingir a Avenida Lineu de Paula Machado, no sentido contrário ao trânsito, com uma descida no início e uma subida na saída do túnel, seguindo em frente até o final do muro do Jockey Club onde retornam por cima do túnel (km 17,5) e voltam pelo outro lado da Avenida Lineu de Paula Machado, avenida plana, onde a prova fica muito agradável e os corredores podem encontrar os amigos que ainda estão fazendo o percurso no lado contrário da avenida. Seguem por ela até o portão principal da USP onde retornam à USP no km 20,5 pelo mesmo portão que saíram no Km 5. Logo à frente, passam pela rotatória e seguem reto até a linha de chegada na Praça da Reitoria.


Conclusão:

A VIII Meia Maratona da Cidade de São Paulo – CORPORE apresenta um grau de dificuldade bem baixo com quatro subidas leves e curtas e dois pontos de lentidão, sendo aproximadamente no km 2,8 e no km 12,5 onde o percurso faz acentuadas conversões.

Com um percurso rápido, há grande perspectiva do campeão da prova terminá-la com tempo próximo de 1 hora e todos os demais corredores melhorarem suas marcas pessoais em Meia Maratona.

Saiba mais sobre o evento



 
Últimas notícias
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
 
Por: Corpore

2002-2020 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH