Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

VIII Meia Maratona - Veja como foi

15/04/2007, por Marcel Trinta

English
Resultados
Premiação
Dados
Galeria de Fotos

Com mais de 10mil participantes, foi realizada na manhã de 15 de abril a VIII Meia Maratona da Cidade de São Paulo Corpore ACJ Running with the Bulls. O evento foi um sucesso e surpreendeu pessoas que já correram em vários lugares do mundo, como Eddy Bayardelle, presidente da Fundação Merrill Lynch, que participou dos 21,1km. “Apesar de já conhecer o Brasil, essa é a primeira vez que corro aqui e a corrida foi muito especial. Quando soube da prova, nunca imaginei o que vi aqui: 11mil corredores nas ruas – imaginava algo em torno de 5 mil - e o mais importante, com um espírito incrível. As pessoas se ajudando durante a corrida, dando palavras de incentivo.. isso é maravilhoso”, contou Eddy, que partiria na noite da corrida de volta para os Estados Unidos.

Não só pelo número de participantes e organização que o evento pode ser considerado um sucesso, mas também por conseguir atingir seus objetivos de ajudar a ACJ – Brasil. “O principal aqui é conseguirmos divulgar a nossa associação. Além disso, conseguimos trazer jovens para o esporte, sem contar a ajuda financeira que esse evento nos traz. Esperamos ano que vem repetir a dose”, afirmou Fernando Paiva, presidente da ACJ – Brasil, lembrando do lado social que o evento tem, onde parte do resultado será revertido para as causas da ACJ.

Além dessa prova, a idéia da Corpore é trazer mais eventos que possam beneficiar outras entidades ou trazer ações sociais. É o que afirma o presidente da entidade, David Cytrynowicz: “Hoje a parceria foi com a ACJ, mas a idéia é sempre que possível ter um cunho social em nossos eventos. Temos que pensar na preservação do nosso mundo, na preservação do nosso ambiente e na preservação do ser humano.”

A VIII Meia Maratona também foi um marco para os PNEs. Essa foi a primeira prova Corpore que trouxe premiação em dinheiro para os Cadeirantes, Deficientes Visuais e Amputados dos Membros Inferiores. “Foi uma vitória de todos nós, juntamos vários atletas para participar do evento. Fiz um tempo bom graças a competitividade que tivemos hoje. A organização foi fantástica e com certeza na próxima será melhor ainda”, afirmou Fernando Aranha Rocha, atleta cadeirante que ficou em primeiro lugar na sua classe e terminou a prova com 01:00:07

Devido a premiação, muitos atletas de vários locais do país vieram participar. Para ajudá-los, a Corpore inclusive conseguiu alojamento para os competidores, na própria USP. “O alojamento foi uma ajuda maravilhosa, quero até ver se me deixam ficar mais aqui porque tenho uma competição no Paraná semana que vem”. Quem vai fazer o pedido é Erinelda da Silva, a única cadeirante feminina na prova, que pela primeira vez veio até São Paulo. Criada em orfanato e hoje viúva e mãe de dois filhos, Erinelda afirmou que estava muito feliz com a vitória, que era um presente para um de seus filhos que aniversaria no dia da prova, mas mesmo assim esperava um tempo melhor. “Tive uma queda no banheiro de manhã e machuquei as costas. Se não fosse isso teria um tempo melhor”.

Os atletas PNEs largaram às 7h40, juntamente com a elite feminina. Mas foi na largada das 8h, com a elite masculina e geral, que a disputa na prova foi forte. O clima ainda não estava muito quente na largada e os atletas fizeram um ritmo forte desde o início, e logo nos primeiros quilômetros, Luis Paulo da Silva Antunes, despontou do bloco que formava a ponta da prova e abriu uma boa distância. Mas essa distância não foi o suficiente para vencer, já que no pelotão de trás vinha Franck Caldeira, vencedor da provas nas três vezes que participara (2003, 2004 e 2005).

Entre o quilometro 14 e 15, Franck forçou o ritmo, tomou a liderança e se tornou tetracampeão da prova com tranqüilidade. “Antes da largada, conversei com meu técnico, o Henrique Viana, e definimos um ritmo mais de treinamento para a prova, já que vou participar da Maratona de Padova ,na Itália, na próxima semana. No meio da disputa, estava me sentido bem, aumentei meu ritmo e fechei bem a corrida”, afirmou Franck, que conseguiu seu melhor tempo na prova, 01:03:39. “Se não tivesse essa prova na semana que vem iria mais forte e talvez conseguisse o recorde, já que esse é um percurso que ajuda muito.”

Luis Paulo também acabou perdendo a segunda e terceira posição respectivamente para Paulo Roberto Almeida Paula e Luiz Fernando de Almeida Paula, irmãos gêmeos que tinham a meta principal de conseguir tempo para participar das Universíades, que serão realizadas em Bancoc, na Tailândia. “Essa foi nossa primeira prova de Meia Maratona, então planejamos acompanhar o Franck e ir o máximo possível junto dele”, conta Luiz Fernando, que, assim como o irmão, garantiu a vaga nas Universíades.

Entre as mulheres, Márcia Narloch, que havia conseguido a terceira posição em 2005, dessa vez não deu chances para ninguém. Forte desde o inicio, Márcia tomou a frente da prova e venceu com um diferença de 1min30s. “Hoje foi um dia que me senti bem e deu para ganhar. Vim com essa idéia e me esforcei para isso”.

A segunda colocada foi a queniana Jeptoo Priscah - que esteve a primeira vez na prova e elogiou muito o evento – e a terceira colocada foi Elizabeth Esteves de Souza. Houve premiação em dinheiro para os 10 primeiros masculino e feminino, totalizando R$ 27mil.

A Meia Maratona também trouxe premiação nas faixas etárias, que mostrou ser um estímulo a mais para os atletas. José Vicente de Souza Filho, primeiro colocado na faixa 55 a 59 anos, lembra que esse tipo de premiação e o Ranking Corpore trazem uma certa disputa entre os atletas da faixa, pois eles já se conhecem e vêem como o outro está na prova. “A premiação é importante e sempre nos estimula a superar nossos limites”.

Maria de Fatima Pessoa de Souza, primeira na categoria 50 a 54 anos, também se esforça demais pela primeira colocação em sua categoria. Sempre bem classificada e vencedora em diversas edições do Ranking Corpore Atletas, ela participa de inúmeras etapas do circuito Corpore, o que seria uma coisa corriqueira se ela não viesse do Rio de Janeiro para correr. “Treino muito para estar aqui em primeiro. Cheguei hoje às 4h30 da manhã e venci na garra. Venho sempre do Rio de Janeiro para correr aqui pela estrutura, organização e respeito ao corredor que a Corpore tem”, afirmou Maria de Fátima, que hoje estava com diversas amigas, já que veio em um ônibus com 47 pessoas do Rio de Janeiro.

Único atleta masculino com mais de 80 anos, João Rosario também estava emocionado na premiação. “Cada vez que subimos no pódio, vemos o pessoal aplaudindo, é muito gratificante”, contou João, que no auge de seus 80 anos usou a prova para se preparar para uma Maratona.

Além da Meia Maratona, o evento contou também com um percurso de 6km que reuniu milhares de participantes entre iniciantes e atletas que preferem e se dão muito bem em distâncias menores. Inteiramente disputado dentro da USP, a prova premiou os cinco primeiros colocados masculino e feminino, que levaram troféu para casa.

No masculino a disputa foi muito forte, com o atleta Luciano Nunes de Lima, vencendo a prova com apenas 1 segundo de diferença de Marcos Francisco da Silva.

Entre as mulheres, a vitoriosa foi Eliane Luanda Pereira da Silva, que manteve um ritmo forte desde o início. “Foi uma prova bastante rápida, um percurso bem gostoso e estou feliz com o resultado”.

 

Premiação

 

Meia Maratona

Franck Caldeira de Almeida Equipe Pé de Vento
01:03:59
Paulo Roberto Almeida Paula Cruzeiro Esporte Clube
01:04:29
Luiz Fernando de Almeida Paula Cruzeiro Esporte Clube

01:04:32

Luis Paulo da Silva Antunes Cruzeiro Esporte Clube
01:04:53
Michael Tluway Mislay FILA
01:05:31
Sergio Celestino da Silva E.C.Pinheiros 01:05:51
Adriano Bastos P.Açúcar/ BM&F/ PowerBar/ 01:07:28
Marildo José Barduco GATORADE/ ADIDAS/ VO2 01:07:35
Marcio Ferreira Torres Run&Fun 01:07:41
10º Marcelo Jose da Silva Brasvending Mário's Team 01:07:49
Marcia Narloch Mizuno/Caixa
01:15:33
Jeptoo Priscah FILA
01:17:02
Elizabeth Esteves de Souza GATORADE/ ADIDAS/ VO2
01:18:30
Maria Lucia Alves Vieira Moraes Mel Isis Brasil / Brasil Sport
01:20:23
Rosangela Raimunda Pereira Faria E.C.Pinheiros
01:21:01
Adriana Candido de Souza Ferracini 01:23:16
Rosangela Figueredo Silva E.C. Tavares 01:25:09
Debora Regina Gomes Ferraz Reebok 01:25:44
Andriléia do Carmo de Souza Pé de Vento 01:29:23
10º Lindinalva Saraiva da Silva Flavio Freire 01:30:00

6km

Luciano Nunes de Lima Unicron
00:18:38
Marcos Francisco da Silva Trilopez
00:18:39
Jose Luis da Silva São Paulo F.C.

00:18:48

Marcelo da Silva Castro Circulo Militar/ PN Treinamento
00:18:52
Fernando Ananias da Silva Pref. Cotia
00:18:55
Eliane Luanda Pereira da Silva Run&Fun
00:22:08
Valdilene dos Santos Silva Avulso
00:23:09
Ana Luiza dos Anjos Garcez- Animal Run For Life / Corpore
00:23:53
Eliete G. Malta Nicolai Clube Recreativo Sumaré
00:23:56
Maria Margarida Gomes Avulso
00:23:56

Cadeirante Masculino
Cadeirante Femino

Deficiente Visual Masculino
Deficiente Visual Feminino

Amputado de Membros Inferiores



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Marcel Trinta

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH