Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Corrida Duque de Caxias - Veja como foi

19/08/2007, por Marcel Trinta

Resultados
Premiação
Depoimentos
Estatísticas
Galeria de fotos

Mais um domingo de manhã fria em São Paulo, mais um domingo em que cerca de 5100 atletas levantaram cedo, saíram debaixo das cobertas e foram disputar uma prova Corpore, a 5ª Corrida Duque de Caxias, realizada na região do Ibirapuera e que pela primeira vez contou com uma distância menor, já que além dos 10km, houve um percurso de 4,3km.

Quando ainda eram 6h da manhã os primeiros atletas chegavam na arena que estava dividida em dois locais: parte montada no estacionamento da Assembléia e parte montada no Comando Militar do Sudeste.

Como já é costume nessa prova que também marca do dia do Soldado (comemorado em 25 de agosto), a largada foi dada exatamente às 8h com um tiro de canhão. Os atletas saíram na av. Pedro Álvares de Cabral e seguiram em direção à República do Líbano. Mais uma vez, os atletas puderam encontrar o relógio que é uma inovação mundial da Corpore, que marca quilometragem, tempo de prova e pacing a cada km do percurso.

Logo no início da corrida, pudemos perceber que a disputa pelo primeiro lugar ficaria entre Marildo José Barducco e Adriano Bastos. Perto do quilometro 7, após o retorno na Rubem Berta, Marildo começou a forçar o ritmo, distanciou-se de Adriano e não foi mais alcançado, conseguindo a segunda vitória seguida em um evento Corpore, visto que no último domingo, dia 12 de agosto, ele também foi o primeiro colocado na XII Corrida Centro Histórico Corpore Bovespa. “Consegui correr a primeira metade da prova mais tranqüilo e na segunda percebi que poderia correr melhor. Vi que o Adriano estava meio cansado e ia ser difícil ele acompanhar”, contou Marildo, que venceu com mais de 30 segundos de diferença.

Quem conseguiu uma diferença maior foi Andréa Celeste Coelho da Silva, que venceu a disputa feminina com 1m22s de vantagem e gostou muito de ver um grande número de participantes na prova. “Fiquei admirada pela quantidade de pessoas. A prova tem sua dificuldade, mas gostei muito do percurso, distribuição de água, a organização está de parabéns.”

Após terminar a prova, os atletas retiravam seus kits - que contava com uma bela camiseta, elogiada por todos os participantes -, e se dirigiam à frente do palco para acompanhar a premiação da Corrida Duque de Caxias que também é marcada pela premiação oferecida aos atletas do Exército e aos Portadores de Necessidades Especiais. Nessa edição, 10 categorias PNEs foram premiadas: Amputados de Membros Inferiores Masculino, Cadeirantes Masculino, Deficiente Mental Masculino e Feminino, Les Otres Masculino e Feminino, Deficiente Auditivo Masculino e Feminino e Deficiente Visual Masculino e Feminino.

Na categoria Lês Otres, pelo terceiro ano consecutivo Ezequiel Marcelo da Costa foi o vencedor. “Tudo depende de um bom treino, vou treinar mais para melhorar meu tempo”, contou o atleta que apesar dos ótimos 00:35:25, acredita que poderia ter feito melhor.

“Hoje fiz uma boa prova, gosto dela. É uma oportunidade grande ao atleta, o esporte é importante para gente”, disse Carlos Alberto Simão, atleta cadeirante que participou pela segunda vez desse evento.

“Muitos pensam que a vida acaba quando perde a visão, uma perna ou um braço, mas não é assim. O esporte muda tudo. Para mim, esses atletas não são deficientes, são eficientes”, afirmou Geneci Cavalcanti, o Barba, que corre como guia de atletas portadores de necessidades especiais. Barba também elogiou o trabalho da Corpore: “A Corpore já fez a parte dela para a inclusão desses atletas, agora é com as associações.”

Premiação

Geral Masculino/Feminino

Marildo José Barduco Montevérgine 00:31:13
Adriano Bastos

P.Açucar/BM&F/
Power Bar

00:31:44
Sandro Ferreira Mários Team 00:31:52
Indio Francisco Gatorade/ Adidas 00:32:00
José Rodrigues Granolevis 00:32:19

Andrea Celeste Coleho VO2/Copertone 00:37:02
Rosangela Figueiredo E.C Tavares 00:38:24
Lindinalva Saraiva Flavio Freire 00:38:50
Maria Margarida Gomes   00:40:43
Janaina Aparecida Pinto VO2/Copertone 00:41:12

Exército Masculino/ Feminino

Oseas dos Santos Círculo Militar 00:33:40
Elenilton Viana Giantcargo Running 00:35:18
Nelson Teododro Gomes 3° C.T.D/Círculo Militar 00:35:28
Waldeck Calaça CPOR 00:37:05
Cleiton de Silva AGSP 00:37:41

Denise Aparecida Casa Militar 00:35:59
Patrícia Spinelli CMSE 00:34:34
Vera Lúcia Saporito CMSE 00:50:28
Adriana Tatiana Aguiar Exército Brasileiro 00:53:12
Marina Goulart Círculo Militar 00:53:23

Deficiente Visual Masculino/ Feminino

Valdeir Freitas Ceu Pera Marmelo 00:38:42
Jesus Tibúrcio Peama 00:39:43
Alisson Pereira Cadevi 00:40:25

Maria Aparecida Peama 01:00:16
Zilda Marchetti Cadevi 01:03:12
Renata Rodrigues CESEC 01:09:30

Def. Auditivo Masculino/ Feminino

Adriano Santos Roger Performance 00:40:25
Sérgio Roberto   00:42:48
Julio Aparecido Ceu Pera Marmelo 00:45:37

Raquel Amaral Academia Toshio 00:41:03
Regina Aparecida Ceu pera Marmelo 00:42:21


Les Autres Masculino/Feminino

Ezequiel Marcelo CAD 00:35:25
Ademar de Souza Leite

Ceu Pera Marmelo

00:40:19
Hélio da Silva PPP 00:44:24

Gabriela Figueiredo Fundação Orsa 00:46:52
Jéssica da Silva Santana Fundação Orsa 00:51:47

Def. Mental Masculino/Feminino

Jose Henrique Campos Clube Esportivo da Penha 00:41:28
Carlos Ubirajara

Ceu Pera Marmelo

00:43:17
Vanderson Maciel dos Santos Fundação Orsa 00:46:18

Sandra Cristina Matteo Clube Esportivo da Penha 01:01:42
Monica Aversa Novaes Clube Esportivo da Penha 01:03:26
Juliana da Silva Santana Fundação Orsa 01:06:26

Masculino Cadeirante/Masculino Def. Mebro Inf.

Carlos Alberto Simão Peama
Luiz Carlos de Castro

Peama

Edson Dantas Oliveira PPP 00:45:28
Paulo de Almeida ADD 01:10:49
Roberto Alves da Silva Ceu Pera Marmelo 01:16:04

Depoimentos

“Achei a prova muito legal e bem organizada, embora, tenha sido a primeira vez que eu corri e corri pouco, só 4,3 km. Gostei do kit, da camiseta, o lanche também é muito bom, essa coisa de receber água no caminho e deles tirarem fotografia também é muito bacana”
Caroline Dias

“Eu gostei desse percurso que pega a República do Líbano, sobe e volta. Achei a camiseta muito bonita, até porque tive colegas meus que perderam a inscrição e tentaram de última hora porque acharam a arte da camiseta muito bonita”
Ivan Andrade, correu os 10 km

“O percurso não foi forte, bem plano, sem subidas. Já corro há um ano e toda vez que tem prova eu procuro participar. A camiseta está muito bonita, o kit bem completo”
Luíz Carlos de Castro- cadeirante




 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Marcel Trinta

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH