Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Corrida Infanto-Juvenil Corpore Batavinho- Regulamento

23/04/2008, por Corpore

 

1. A Corrida Infanto Juvenil Corpore Batavinho será realizada no dia 07 de junho de 2008, na pista de atletismo do Ícaro de Castro, no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães à Rua Mal. Estenio de Albuquerque Lima, 82.
2. Os atletas disputarão baterias que terão distâncias variadas de acordo com a idade. Segue uma relação das distâncias a serem percorridas pelas crianças:
4 anos – 50 metros; 5 e 6 anos – 100 metros; 7 e 8 anos - 200 metros; 9 e 10 anos – 300 metros; 11 e 12 anos – 400 metros; 13 e 14 anos – 600 metros; 15 anos – 800 metros.
3. O início do evento se dará às 12h30, com a abertura dos postos para retirada de números de peito e para retirada de credenciais dos pais.
4. Haverá dois tipos de credenciais para os pais: credencial de acesso à área de concentração, a qual receberão somente os pais de crianças até seis anos (é preferível que o pai não permaneça na área de concentração para evitar a dispersão e colaborar para o andamento do evento). Em casos excepcionais cabe ao responsável solicitar esta credencial. Já a credencial de fotografia será acessível a um único responsável por atleta-mirim e dará acesso à área destinada a fotografias.
5. Todos aqueles que tiverem acesso à pista, crianças ou responsáveis, deverão calçar tênis. Não será permitido o acesso em nenhuma hipótese de qualquer pessoa com calçado que não seja tênis.
6. Às 13 horas terá início a concentração dos atletas.
7. O início do desfile se dará às 14 horas, com Hasteamento do Pavilhão Nacional, aquecimento e posicionamento dos atletas para início das baterias.
8. As baterias de corrida serão iniciadas às 15 horas.
9. As inscrições terão custo de R$ 15,00 para filhos e netos de associados e R$ 20,00 para filhos de não-associados.
10. Todos os atletas receberão camiseta e medalha alusiva ao evento.
11. Não há classificação formal.
12. A Corrida acontecerá com chuva ou sol, podendo ser cancelada caso condições de catástrofe coloquem em risco a integridade física dos participantes e ou espectadores.

Mario Rollo
Diretor Técnico

ORIENTAÇÃO AOS PAIS

CORRIDA  INFANTO-JUVENIL CORPORE - BATAVINHO 2008

O estímulo à atividade física é sempre bem-vindo, explica o pediatra da Unifesp Dr.Mário Bracco, 47. "Filhos de pais ativos são seis vezes mais ativos do que filhos de sedentários." O que não é bem-vindo é o estímulo à competição. "Aí a criança vira um miniadulto".
O hebiatra (médico de adolescentes) do Hospital das Clínicas da USP Dr. Maurício de Souza Lima, 45, diz que a auto cobrança dos adultos chegou até as crianças. "É preciso entender que todo esporte exige técnica e que elas não têm estrutura física nem psicológica para lidar com essa pressão."
No esporte competitivo vamos desenvolver nossas aptidões e no esporte recreativo eliminar nossas inaptidões. Dr. João Gilberto Carazato. – O Exercício. Dr.Nabil Ghorayeb – Dr.Turibio Barros.

1) GERAL

1.1 AS CRIANÇAS SERÃO CHAMADAS PARA A ÁREA DE CONCENTRAÇÃO A PARTIR DAS 14h40.
1.2 O LOCUTOR CHAMARÁ AS DIVERSAS IDADES PARA A CONCENTRAÇÃO.
1.3 (TEREMOS PAINÉIS, ALERTANDO PARA O HORÁRIO DE PRESENÇA  DO ATLETA, NA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO).
1.4 ATÉ OS SEIS ANOS SERÁ PERMITIDA A ENTRADA DOS PAIS NA ÁREA DE COMPETIÇÃO (NÃO NA PISTA). O ACOMPANHANTE DEVERÁ ESTAR USANDO TÊNIS.
1.5 NÃO SERÁ PERMITIDO A NENHUM ATLETA PARTICIPAR DE SAPATILHA, QUESTÕES DE SEGURANÇA PARA OS DEMAIS ATLETAS.
1.6 CADA CRIANÇA DEVERÁ FICAR ATRÁS DA PLACA COM A SUA IDADE.
1.7 O MONITOR RESPECTIVO LEVARÁ AS CRIANÇAS ATÉ O LOCAL DE LARGADA.
1.8 OS PAIS TERÃO ACESSO ÀS CRIANÇAS, APÓS ESTAS PEGAREM AS SUAS MEDALHAS E CAMISETAS.
1.9 TEREMOS A EQUIPE MÉDICA PARA QUALQUER EVENTUALIDADE.
1.10 OS PAIS DEVEM PROCURAR  MANTER UM CLIMA DE CORDIALIDADE E RESPEITO.
1.11 AS PROVAS  DEVEM SER ENCARADAS PELOS PAIS COMO UM EVENTO ESPORTIVO,  COMO PARTE DE APRENDIZADO DOS FILHOS.
1.12 AS CRIANÇAS ENCARAM AS PROVAS COMO DISPUTA, O QUE FAZ PARTE DE SEU APRENDIZADO.


2)
ATÉ SEIS ANOS

2.1 O CHORO É UMA FORMA NORMAL DE REAÇÃO, ANTE  SITUAÇÃO DESCONHECIDA OU TEMIDA.
2.2 EVITE DIZER QUE NÃO DEVE CHORAR. RESPEITE SEU TEMOR.  
2.3 NUNCA A ENGANE. FALE QUE ELA VAI PARTICIPAR DE UMA BRINCADEIRA COM LOCAL DE LARGADA E CHEGADA.
2.4 A PROMESSA DE PRESENTES: SE O FIZER CUMPRA O PROMETIDO.

3)ATÉ 10 ANOS

3.1 A CORRIDA É UM PROCESSO NATURAL.
3.2 QUANTO À SUA VELOCIDADE.  DEIXE-A PROCURAR O RITMO DELA E NÃO O SEU RITMO.
3.3 A ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE, NÃO DEVE SER ESTIMULADA.
3.4 A RESPONSABILIDADE SOBRE O DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA DEVE ESTAR ACIMA DAS NECESSIDADES EM TERMOS DE TREINAMENTO E COMPETIÇÃO.


4)ATÉ 15 ANOS

4.1 NÃO EXPONHA A SITUAÇÃO EXTREMA DE VELOCIDADE.
4.2 A IDADE CRONOLOGICA PODE NÃO ESTAR COERENTE COM A IDADE EVOLUTIVA. PODEM-SE TER ENGANOS DE AVALIAÇÃO NOS RESULTADOS FINAIS.
4.3 CRIANÇAS PESADAS NÃO DEVEM SER DESESTIMULADAS, DEVEM SER ORIENTADAS A OUTRAS MODALIDADES  ESPORTIVAS, PORÉM SEMPRE NECESSITARÃO DA CORRIDA PARA AUMENTAR SUA RESITÊNCIA CARDIO VASCULAR E AERÓBICA.
4.4 “A FASE DA ADOLESCÊNCIA É CRUCIAL NA MANUTENÇÃO DE UM PROGRAMA DE ESPORTE. É DURANTE ESTA FASE QUE O JOVEM TENDE A DESISTIR DO ESPORTE”, GRETE WAITZ, OITO VEZES CAMPEÃ DA MARATONA DE NOVA YORK.
4.5 “É TÃO IMPORTANTE CRESCER SAUDAVEL QUANTO CRESCER INTELIGENTE”, ARNOLD SHWARZENEGER.
4.6 “PAIS, NÃO TENTEM REVIVER A SUA JUVENTUDE ATRAVÉS DA VIDA DO SEU FILHO”, DR. KENNETH COOPER, INTRODUTOR DO PROGRAMA DE PONTOS PARA ATIVIDADE FÍSICA.

Mario Rollo
Diretor Técnico

 

Saiba Mais

 

 

 

 



 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Corpore

2002-2022 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH