Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Corrida Infanto-Juvenil traz ação para beneficiar a Ação Comunitária

12/05/2008, por Marcel Trinta

A Corrida Infanto-Juvenil Corpore Batavinho, que marca a 20ª competição infantil organizada pela Corpore, trará diversas atrações especiais e entre elas uma ação social na qual os inscritos terão a opção de fazer uma doação de R$5, R$10 ou outros valores para a Ação Comunitária, ONG que atende mais de 6mil alunos por ano e que desenvolve programas sociais e educacionais para crianças, adolescentes e jovens de comunidades de baixa renda.

Confira abaixo entrevista com Ana Maria Levy Villela Igel, Diretora Presidente Voluntária da entidade, para conhecer mais sobre a história e trabalho da ONG, além dos benefícios que o dinheiro arrecadado trará para a entidade.

Como se deu o surgimento da Ação Comunitária?
A Ação Comunitária foi fundada em 1967, por um grupo de 21 empresários, preocupados com a solução de problemas sociais, representando naquela época uma empreitada pioneira.

Desde os seus primeiros passos, criou uma metodologia inovadora de atuação, contribuindo para a formação das lideranças comunitárias como mobilizadoras da população em torno de suas necessidades.

Existiu uma mudança na “estratégia” da entidade desde a sua fundação, não é verdade?

Em seus primeiros anos de atividades, a Ação Comunitária empreendeu a educação infantil e a capacitação de adultos para o mercado de trabalho como pólo fortalecedor das organizações comunitárias. Devido às carências da população atendida àquela época, a organização passou também a prestar serviços de saúde e a desenvolver programas de cultura e lazer.

Chegou a ter em 1996 um total de 51 comunidades atendidas. Essa estratégia, apesar de sua grande amplitude, não garantia maior abrangência quanto ao número de pessoas atendidas. Além disso, os Programas não tinham interligação, o que limitava as possibilidades de desenvolvimento integral do aluno.

Entre 1997 e 2000 a Ação Comunitária passou por um profundo processo de redefinição de sua Missão, definindo crianças, adolescentes e jovens como seu público-alvo. Mais do que isso, os Programas firmaram suas bases na Educação, na Cultura e na Cidadania. Nesses quarenta e um anos de atuação, já atendeu mais de 113 mil crianças, adolescentes e jovens.

O que a entidade busca atualmente?

A missão da Ação Comunitária é: Contribuir de forma contínua e integrada para a inclusão social – educação, cultura, empregabilidade e cidadania – de crianças, adolescentes e jovens em parceria com lideranças comunitárias formalmente organizadas.

Quando começou seu envolvimento com a entidade?

Meu envolvimento começou em 1997 quando fui convidada a fazer parte do Conselho Voluntário da Ação Comunitária.

Quando se tornou presidente?

Tornei-me presidente em 2006.

Como é seu trabalho na entidade?
Desde que passei a me inteirar dos Programas da Ação, sempre me tocou muito o progresso que assistia quanto ao desenvolvimento das crianças. Adotei algumas classes e participo das atividades desta escola em particular, em festas e comemorações e de todo o andamento dos Programas em geral. Participo, inclusive, de tomadas de decisão e de estratégia e me empenho pessoalmente na captação de novos parceiros para nossos Programas.

Sendo voluntária, como concilia as atividades?

Sou empresária e participo também da diretoria de outras entidades, assim como a Alumni e o CIEE. Acho que o fato de me ocupar de todas estas atividades me proporciona uma visão mais ampla das necessidades de vários setores, e portanto a troca de informações que acontece é muito importante e sempre se arranja um tempo para tudo.

Qual a importância dos esportes nas ações da entidade?

A prática desportiva na Ação comunitária tem como principais objetivos o conhecimento do corpo e o cuidado com a saúde e contribui para melhorar a qualidade de vida dos alunos.

As atividades físicas, os jogos, o esporte, promovem o espírito de equipe, a construção e o respeito às regras, o raciocínio, a criatividade e a capacidade de se relacionar em grupo.

O esporte é um meio eficaz de complemento à educação, vocação da Ação Comunitária, e também uma forma eficiente de aumentar o interesse dos alunos nos Programas e do desempenho na escola.

A Ação Comunitária estará envolvida na corrida infantil recebendo doações. Qual a importância de estar nesse evento?

Esta é uma participação inédita da Ação Comunitária em eventos deste tipo. E nossa expectativa é que as pessoas contribuam fazendo doações durante o evento, sem termos ainda uma idéia do valor. Entretanto, ter o nome da Ação Comunitária vinculada a Corpore poderá trazer resultados institucionais e de visibilidade bastante interessantes, contribuindo para a conquista de novas parcerias.

Como esperam reverter a verba recebida?

O valor arrecadado durante esta corrida será revertido integralmente para a manutenção dos programas em turmas de alunos que ainda não tem o patrocínio direto de empresas. Atualmente o número de turmas de alunos sem patrocínio é de 24.

Saiba mais



 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Marcel Trinta

2002-2022 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH