Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

X Meia Maratona Internac. Corpore- conheça o 2º colocado na faixa M2024 em 2008

09/02/2009, por Marianna Abdo


Em 2008, o atleta Severino Cândido de Araújo foi o segundo colocado em sua faixa etária (M2024) na IX Meia Maratona Internacional Corpore da Cidade de São Paulo. Além do bom resultado na corrida, o atleta também é um exemplo de superação.

Inscrito na prova desse ano, já se prepara para uma nova marca e conta sua história de vida e suas percepções da prova, junto com o seu técnico e amigo Luiz Flávio Borges.

“Meu sonho é correr, mas preciso de você”

Foi com essa frase que o corredor Severino conquistou a amizade e o apoio do técnico Luiz Flávio Borges.



Severino Cândido de Araújo com o técnico Luiz Flávio Borges

Severino trabalhava como faxineiro em uma academia quando conheceu o técnico e triatleta. Depois de passar por várias modalidades esportivas, decidiu pela corrida de rua, esporte que hoje tem um grande significado em sua vida. “A corrida representa um desafio para a minha vida, tenho o sonho de vencer um dia”.

Antes de conhecer o esporte, Severino tinha uma vida difícil e chegou a enfrentar problemas com as drogas. “Antes de me conhecer, ele era um garoto bem humilde que cheirava cola e não tinha propósito de vencer na vida. Quando o conheci, a primeira coisa que fiz foi dar o livro “Vencer na vida” para ele. A partir daí, acredito que ele melhorou muito tanto na vida pessoal como na disciplina de treinos”, conta o técnico orgulhoso.

Para compensar a sede do aluno em mostrar resultados, Luiz Flávio escolheu o Circuito Corpore de Corridas. Em 2008 participou de várias provas do Circuito. “É o Circuito que o professor Flávio escolheu para mim. Achei as provas muito boas, cada uma representa um desafio pra mim, não existe prova fácil”. O técnico justifica a escolha: “Acho a Corpore uma entidade bem organizada, com um calendário bem diversificado, oferece uma estrutura bem legal para atletas e não atletas”.

Por falta de uma academia, o corredor treina todos os dias nos parques e ruas da cidade. Em 2008, sofreu um acidente que prejudicou seus treinamentos.

Tanto o técnico como o atleta concordam que a premiação por faixa etária deixa os participantes da prova mais empolgados e representa um estímulo a mais para os corredores.

Premiação por faixa etária

A X Meia Maratona Internacional Corpore Açúcar União da Cidade de São Paulo será realizada no dia 05 de abril. Além da premiação para os 10 primeiros colocados masculino e feminino, a Meia Maratona premiará as faixas etárias.

Os três primeiros colocados masculino e feminino nas seguintes faixas: 18 a 19, 20 a 24, 25 a 29, 30 a 34, 35 a 39, 40 a 44, 45 a 49, 50 a 54, 55 a 59, 60 a 64, 65 a 69, 70 a 74, 75 a 79 e acima de 80 anos, serão premiados com troféus.

Clique aqui e confira os tempos de todos os premiados na edição passada.

Leia também entrevista com a segunda colocada na faixa F2529, a atleta Daniela Barcelos.

 

Mais informações sobre a prova

 

 

 



 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Marianna Abdo

2002-2022 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH