Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 
Corpore Responde - Outubro 2009

Confira agora mais algumas dúvidas selecionadas da comunidade de corredores.

Caso queira participar, envie sua questão clicando aqui.

Atenção: para dúvidas referentes aos eventos e dia-a-dia da entidade utilize o Fale Conosco

Os usuários Jackson Senigalia e Eduardo Carlos Lopes de Menezes têm dúvidas sobre tempo líquido e oficial. Confiram aqui a pergunta já respondida.

Estou com pequenas dores nas canelas. O que pode ser? Já uso tênis apropriado para a minha pisada.
Daniel da Silva Caturani
São Paulo-SP

Olá Daniel,
Se as dores são constantes, independente de treino ou prova de corrida, isso pode ser sinal de alguma inflamação localizada, provavelmente decorrente de algum desvio postural.
Outro apontamenti das dores constantes pode ser o excesso de treinamento/repouso insuficiente/alimentação inadequada. Para isso, é necessário saber os detalhes da periodização do seu treinamento.
Agora, se as dores aparecem durante ou após o treino/prova de corrida, pode haver um problema com a técnica de passada. Muitos corredores se queixam de "canelite", uma dor na região anterior da perna, entre o joelho e o pé. Isso acontece porque o corredor força muito a ponta do pé para cima na passada. Uma forma simples de corrigir é enfatizar o final da fase aérea da passada (aterrisagem do pé) com o joelho mais alto, deixando mais espaço para a sola do pé passar pelo chão, sem bater nele com o calcanhar ou o meio pé.
Parte dessa "canelite" pode também ser corrigida com o treinamento de força específico para a corrida, incluindo reforço da musculatura tibial, em parte responsável pela dorsiflexão do tornozelo.
Tudo isso se você não tiver tido entorses do tornozelo há menos de 18 meses.


Cláudio Novelli - técnico especialista em fisiologia do exercício.


Em minhas últimas corridas 10K tenho notado que meus dedos ficam roxos ao final da prova. Isso é normal?
Helio Siqueira Pereira

São Paulo-SP


Extremidades roxas (cianóticas) podem surgir por circulação sanguínea inadequada. Ou seja, o sangue não está irrigando a região como deveria. Isso pode acontecer por vários motivos. Dentre eles: diabetes, pressão sanguínea elevada (hipertensão), frio excessivo durante o esforço, retorno venoso inadequado (calçado muito apertado, pouca musculatura de membros inferiores, hidratação inadequada).
Não é necessariamente uma patologia, mas um alerta de que algo pode ser observado e melhorado. Em caso de dúvida ou persistência do quadro, procure um médico vascular.


Cláudio Novelli - técnico especialista em fisiologia do exercício.

Durante a corrida tenho o costume de pegar três ou quatro copos de água, jogas na cabeça, dar um pique e retornar ao ritmo normal. Esse costume pode provocar algum dano?
Manoel Ferreira
São Paulo - SP


Não. Jogar água na cabeça auxilia e muito na troca de calor do corpo com o meio externo. Só não é aconselhável jogar água fria demais. Por outro lado, não vejo o porquê se dar um pique logo após jogar a água na cabeça, a não ser que isso faça você se sentir mais alerta para a corrida. Por outro lado ainda, ter picos de atividade intensa pode gerar desgastes desnecessários do organismo e prejudicar o rendimento no final da prova.

Cláudio Novelli - técnico especialista em fisiologia do exercício.

Existe no Ranking Técnico o item que diz:
Somando-se as melhores 5 pontuações obtidas nas provas durante o
circuito.
Gostaria de saber se para se classificar no ranking é levado em conta o
item acima ou é a soma de todas as corridas realizadas durante o ano? Neste caso, quem corre por ex. 12 corridas, é a soma total que entra na
classificação?

Mitiko Sakaki
São Paulo -SP

Equipe Corpore



 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Corpore

2002-2022 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH