Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Congresso Técnico IV Ilhabela Corpore Terra e Mar - Veja como foi

26/04/2004, por Marcel Trinta



No último dia 24 de abril, representantes das 108 equipes inscritas para o IV Ilhabela Corpore Terra e Mar estiveram presentes no auditório do Grand Hotel Mercure para participar do Congresso Técnico organizado pela Corpore para explicar o funcionamento da prova que será realizada no dia 15 de maio.

O presidente David Cytrynowicz começou o congresso falando sobre o aumento do número de equipes, mostrando que isso não afetará o andamento da prova. A principal mudança será a largada que acontecerá mais cedo (4:30h).

Além disso, ele deixou em aberto para todos os participantes e demais associados a oportunidade de enviarem sugestões de como fazer as inscrições para nossas provas de aventura (Campos do Jordão e Ilhabela) para facilitar e ser justo com todos os associados que queiram participar. Se você tiver uma sugestão, envie para [email protected]

Além disso, David explicou a necessidade de se fazer um Congresso Técnico principalmente para as equipes e atletas que participam pela primeira vez do evento. Além de apresentar a prova e tirar dúvidas, no congresso as equipes tiveram que retirar o termo de responsabilidade e regulameto da prova. José Bento Junqueira, da equipe Saúde & Performance, participou de todas as edições da prova e diz que “para quem vai participar pela primeira vez da prova o Congresso Técnico é super importante, pois na prova surgem muitas duvidas: pra onde vou, o que faço, onde faz a troca, onde não faz...o congresso explica muito.”

Durante todo o Congresso foi explicado como será o procedimento da prova, as transições, substituições e tudo o que envolve essa complexa e disputada corrida de revezamento.

Além de David, Armando Santos, Mario Rollo e Tu Moon Ming falaram sobre a prova deixando bem claro que a maior preocupação é com o fluxo de carros e como fazer para que o tráfego não atrapalhe os atletas.

Depois de quase 2h de explicações e dúvidas resolvidas, Paulo Lacerda, que participa pela primeira vez da prova e faz parte da equipe Tri-Lopez, afirmou que “o congresso tira muitas dúvidas. A prova é muito complexa e com o congresso você sabe mais sobre o transporte, trânsito e tudo que vai acontecer. Assim, fica tudo esquematizado para não haver surpresas na prova. Agora é sebo nas canelas pra ganhar!”

Clique aqui para fazer o download da apresentação exposta no Congresso Técnico.




 
Últimas notícias
Maratona de Nagoya
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Marcel Trinta

2002-2023 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH