Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Minha História: Thaís Chanoft

29/10/2013, por Thaís Chanoft
Durante toda minha infância, adolescência e início da vida adulta, lutei contra a balança. Nunca tive problemas com alimentação, até comia de forma bastante saudável e praticava exercícios, no entanto sempre estive acima do peso. Com cerca de 12 anos descobri alguns distúrbios hormonais que após controlados me auxiliaram na perda de peso, no entanto logo voltei a engordar. Quando tinha uns 15 anos comecei com as dietas malucas…dieta da sopa, atkins, vigilantes do peso, endócrino e então muitos e muitos remédios. O efeito sanfona era constante. No ano do vestibular, após ter passado 1 ano fora do Brasil, fiz a dieta da proteína e investi na academia. Emagreci bastante (mas não estava magra), entrei na faculdade e larguei toda a minha timidez de lado. Saía para baladas, conhecia gente nova, tinha namorados, etc, estava feliz, mas não estava plena. Parei a dieta e me joguei nos pães e doces (morava do lado de uma padaria) e assim (lógico!) voltei a engordar tudo de novo. Apesar de voltar para a academia, eu voltei novamente aos remédios controlados, médicos carniceiros e fórmulas “mágicas”, resultando em perda de muitos quilos e recuperação deles mais rápido ainda. Tudo isso durou a época de faculdade, mais uns 3 anos após formada. Nada mais funcionava, meu corpo não respondia mais.
Eu tinha um quadro de compulsão alimentar que sempre ignorei, jogava pra baixo do tapete.

 
 
Comecei a pensar em me submeter a cirurgia bariátrica (redução de estômago), mas por dificuldades com o plano de saúde, voltei atrás. Contratei um personal, mudei a alimentação e emagreci 20kg. Mas, como sempre, algo acontecia e eu simplesmente largava mão…engordei esses 20kg e mais alguns…Simplesmente estava de saco cheio… Já eram 26 anos brigando com a balança e sempre perdendo.
 
Eu me olhava no espelho e não me reconhecia.. Tinha um namorado, mas via que apesar dele gostar de mim, eu mesma não gostava de mim.
 
Após muito pensar, em dezembro de 2011 decidi recorrer à redução de estômago. Procurei uma clínica especializada e dia 02 de janeiro de 2012 estava lá decidida. Após a consulta com a nutricionista e com o cirurgião, ficou ainda mais claro que aquela era a melhor opção. Eu simplesmente havia fritado meu metabolismo e não conseguiria ter respostas positivas por mais que eu quisesse.
 
Em 14 de fevereiro de 2012 operei com 107,5kg, após perder alguns com a dieta pré-operatória (no dia 02 de janeiro, quando fui lá a primeira vez pesava 110kg). Atualmente oscilo entre 63 e 60kg, ou seja pelo menos 47kg mais leve. Detalhe maior, todo esse peso foi perdido de gordura. Só gordura! Iniciei com 44% de gordura corporal e hoje tenho 17%/16%.

 
 
Eu brinco com todos que devem ter operado meu cérebro e não meu estômago, pois eu como super bem, mas saí completamente decidida que iria mudar!
A revolução da minha vida foi incrível! O que me ajudou muito durante o processo foi o apoio que tive em um grupo de emagrecimento do Facebook, oriundo de um blog (www.pensandomagro.net). Conheci muita gente, li muitas histórias e principalmente descobri que como me sentia antes, assim como os dilemas que tinha sobre a obesidade, não eram só meus. E foi através deste mesmo grupo que me aproximei da corrida. Nessa mesma época do ano passado a Camilla Pires, blogueira, começou a incentivar todas as mulheres a se inscreverem na M5K - Corrida e evento que o Mc Donald's faz anualmente para mobilização sobre o Câncer de Mama. Abracei a ideia e comecei a "correr". 
 
Sempre segui minha intuição, o que não é o mais correto mas tive sorte de dar certo! Comecei com treinos intervalados, aos poucos já tinha uma resistência respiratória legal pelos meses de aeróbica que vinha fazendo, o que facilitou muito. Nunca vou esquecer a primeira vez que corri 5k direto! Nos reuníamos alguns sábados para treinar no Vila Lobos, o que me fez conhecer gente com o mesmo objetivo e me auxiliou na motivação, vou assumir que o bichinho da corrida não me mordeu de cara não..rs.
 
Quando completei a prova em outubro (5k em 37min), vi que eu tinha potencial e aquilo poderia ser muito legal. Eu tinha iniciado um esporte novo e tinha começado a formar um círculo de amizades muito especial. 

 Botei tanta fé que em novembro resolvi arriscar 10k motivada pela Disney Magic Run. Foi tããããão legal e também me dei muito bem (10k em 1h09min). Continuei participando de provas mas tinha preguiça de treinar, mas ia forçada mesmo!
 
A partir daí foram N provas, N histórias! Até crise de vesícula biliar já tive em prova, mas não desisti!
 
Nessa empolgação comecei a usar mais o Instagram (@thachanoft) e descobri nele uma ferramenta fácil e deliciosa de conhecer gente com os mesmos objetivos, determinações, estilo de vida, etc. Através dele tive motivação para determinar minha meta atual que é o#rumoaos21k - estar apta a correr 21k até 01/01/14. Corrida é vencer a si mesmo e eu sou beeeem competitiva!  O apoio que recebo é impagável e inacreditável. 
 
Não estou fazendo apologia a cirurgia. Longe de mim! Mas esse foi o último e necessário recurso para a minha história. Talvez se há uns 5 anos atrás estivéssemos nessa vibe de vida saudável que o mundo vem passando, seria tudo diferente. Mas não me arrependo de nem uma vírgula.
 
Pelas fotos podem ver que quase não tenho flacidez, mesmo com tanto peso perdido em um curto espaço de tempo. Eu sou muito saudável, controlo a qualidade da minha alimentação, como quantidades bastante boas, passo mensalmente com a nutricionista, faço musculação 5x por semana, corro 4x por semana e principalmente, sou feliz!
 
A minha intenção é, além de dividir minha conquista, alertar vocês sobre os perigos de tomar remédios e apelar para dietas malucas e principalmente, ouçam o corpo de vocês e respeitem ele!
 
 


 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Thaís Chanoft

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH