Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Aprendizado em New York City Marathon

24/11/2004, por Milton Mizumoto



Novembro 2004 na Corpore: Mês de Acontecimentos Nacionais e Internacionais.

Novembro, como os outros meses do ano na Corpore, é tempo de corridas, mas esse ano em especial, logo na primeira semana, tivemos nos bastidores uma ação internacional muito importante: a Corpore esteve presente na New York City Marathon, através da Dra. Cecília Damasceno (conhecida daqueles corredores que,

Dr. Milton Mizumoto e Dra. Cecilia Damasceno dentro da unidade “Gator” utilizada para o transporte dos atletas da Tenda Médica até a ambulância.

infelizmente algum dia, tiveram que dar uma “passadinha” na tenda médica nos eventos da Corpore) e eu, Dr. Milton Mizumoto, Diretor Médico. Estivemos lá como representantes da equipe médica da Corpore, atuando como médicos-observadores e efetuando um intercâmbio de informações e experiências.

Para mim em particular, foi muito gratificante, pois era a quinta vez que marcava presença na maratona, agora não como corredor, mas sim como Diretor Médico da Corpore. Lembro que em 1.993, quando da minha primeira maratona internacional, fiquei deslumbrado durante todo o trajeto com a organização da prova. Jamais poderia imaginar que 11 anos depois estaria lá por trás dos bastidores, observando toda a infra-estrutura, logística e cuidados médicos da mais famosa e festiva maratona do mundo!

 

Programação:
Durante a semana que antecede a prova existem vários eventos especiais, segmentados e isolados, entre eles aquele que se destina aos cuidados médicos.

Participamos de todas as reuniões médicas referentes a Maratona e ao “Encontro Profissional e Científico Anual da IMMDA” (International Marathon Medical Directors Association); no domingo, presenciamos toda a ação, o envolvimento, a logística e comprometimento da equipe médica dirigida pelo Dr. Lewis G. Maharam – Diretor Médico do NYRRC (New York Road Runners Club) e da NYC Marathon.

Doc. Lewis, como é chamado, recebeu-nos muito bem, pois no último congresso anual da AIMS, em Buenos Aires, onde estavam presentes Dr. David Cytrynowicz - presidente da Corpore - e nosso vice-presidente – Dr. Octávio José Aronis -, ficou acordado com Mr. Alan Steinfeld – presidente da NYRRC e da NYC Marathon - nossa ida à maratona para intercambio de experiências e soluções.

Dr. Lewis e Dr. Milton Mizumoto, momentos antes do
início da maratona
Dr. Lewis G. Maharam inspecionando o funil de chegada

Lá observamos e aprendemos uma metodologia de trabalho diferente da nossa, baseada no trabalho voluntário de cidadãos americanos vindos não só do distrito de Manhattan, mas também de outras cidades americanas, algumas bem distantes, como Los Angeles, com 5 horas de vôo até NY.

“Medical Team”: profissionais de várias áreas da saúde, no funil de chegada. Voluntariado, exemplo de cidadania .

Esta cultura de voluntariado nos USA é muito difundida e não só acontece em todos os setores da NYC Marathon com intensa e dedicada participação de todos, mas também em outras ações pelo país inteiro, sendo o principal diferencial das ações americanas em relação às realizadas aqui no Brasil, que ainda engatinha nesse setor.

Sem entrar no mérito da questão e do funcionamento, posso testemunhar e assegurar, com a experiência de alguém que presenciou a ação, a importância do trabalho voluntário em uma maratona, pois traz ao evento a sinergia e o clima diferenciado, especialmente positivo e necessário para quem participa ou assiste a prova.

Os cuidados de atendimento de emergência eram exercidos por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, paramédicos, soldados e adolescentes voluntários num ato de cidadania, cooperação e comprometimento, todos extremamente envolvidos para que o atendimento médico da maratona evolua com perfeição.

Os resultados dessa observação e aprendizado já estão surtindo efeito e sendo colocados em pratica exclusivamente nos eventos da Corpore, propiciando novos suportes e cuidados médicos nos eventos, pois introduzimos na Equipe Médica da Corpore o Bombeiro Socorrista e o C4Y-Lookout.

Bombeiro Socorrista é o resultado de uma parceria com o Corpo de Bombeiros e consiste na atuação de bombeiros especialmente treinados em atendimento de urgência. Participaram pela primeira vez na última prova (SP Classic), correndo em duplas com o uniforme do Corpo de Bombeiros e boné da Corpore para uma melhor visualização.

Se você não notou a presença deles, procure observar nas próximas corridas; eles estão lá para atender e quem sabe até salvar vidas.

Como funciona
Cada dupla corre num ritmo pré-determinado, munidos com material de primeiros socorros e máscara de ventilação e têm a função de atendimento imediato de determinado grupo de corredores que corre no mesmo ritmo.

Bombeiros Socorristas durante o percurso, no ritmo dos corredores. Bombeiros Socorristas fechando a prova S.P. Classic.

“Care4You” foi anteriormente idealizados por nós aqui no Brasil e exclusivamente nas provas da Corpore (ficam no funil de chegada direcionando os corredores necessitados para a tenda médica).

C4Y-Lookout, é resultado do nosso aprendizado na NYC Marathon, lá denominados “Lookout Station”.

Agora, C4Y-Lookout é a evolução aprimorada do Care4You. Foram treinados em atendimento de urgência e munidos com material básico de primeiros socorros. Localizados em pontos estratégicos, previamente determinados para uma vigilância setorizada, têm como principal função a identificação imediata de alguma ocorrência, comunicando as ambulâncias de UTI e/ou o Bombeiro Socorrista mais próximo do acontecimento. Esse novo procedimento em eventos da Corpore, como lá na NYC Marathon, agilizará ainda mais os atendimentos de urgência.

Care4You, agora também C4Y-Lookout, posicionam-se em pontos estratégicos no percurso. Care4You orientando e auxiliando no funil de chegada

Queremos aproveitar este momento e ENFATIZAR o quanto é importante o preenchimento do verso do número de peito dos corredores.

Atenção: nas provas da Corpore, esse preenchimento correto feito pelo CORREDOR ANTES da corrida pode SALVAR A SUA VIDA. Pense nisso quando for colocar o número no peito.


Mais uma vez, nós da Corpore inovamos no atendimento médico como em outras ações das provas, assim como a largada em setores, etc, mas é FUNDAMENTAL que o corredor colabore e faça a sua parte.

A Corpore inova e executa ações sempre pensando no bem estar dos corredores, porque vocês, corredores, são a razão da nossa existência.


“Estaremos sempre cuidando de cada passo dado por vocês em nossas corridas”.

Dr. Milton Mizumoto
Diretor Médico da CORPORE



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Milton Mizumoto

2002-2018 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH