Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Provas de 27/04 - Veja as galerias de fotos

28/4/2003, por Flávia de Almeida Prado

Veja a Galeria de Fotos do dia 26 de abril e do dia 27 de abril!

Veja como foram os Marcadores de Ritmo - diariamente novos depoimentos e notícias

Veja o Relatório Médico feito por nosso Diretor Dr. Milton Mizumoto

Classificação completa: Veja os vencedores das categorias faixa etária da I Maratona e da IV Meia Maratona Corpore

Luciano Prado, Ultramaratonista reconhecido internacionalmente, buscava patrocínio para viajar à Holanda, e competir a 24ª RD Croon 24h – Alpedoorn. Após participar do projeto Marcadores de Ritmo Corpore, e conceder diversas entrevistas à imprensa nacional, Luciano conquistou seu objetivo, e irá disputar a grande prova holandesa. A KLM Royal Dutch Airlines irá fornecer as passagens para Luciano e seu treinador. Além disso, a empresa aérea holandesa irá cuidar da estadia de 5 dias para os dois brasileiros.

A Nike também patrocinará Luciano neste desafio, fornecendo o material necessário ao corredor.

Luciano disse em entrevista exclusiva para a Corpore que seu objetivo é vencer a prova, e com sorte, quebrar o recorde. Se Luciano obtiver bons resultados, a KLM já garantiu manter seu apoio, e possibilitar a presença do ultramaratonista em outras provas internacionais.

A equipe Corpore fica na torcida por Luciano, e também agradece sua presença, assim como de todos os Líderes Marcadores de Ritmo, em nossa primeira maratona, que já nasceu vencedora.

Neste fim de semana, a Corpore realizou o sonho de proporcionar uma Maratona de excelente qualidade aos corredores paulistanos. E eles não estavam sozinhos. Vieram gaúchos, cariocas, santistas e brasileiros dos quatro cantos do mapa para participarem desta grande festa. Inclusive alguns corredores vieram de fora do país: como do México e da Bélgica.

Há menos de quinze dias do evento, a organização teve que mudar o local da arena das provas, devido uma ação judicial que impediu o uso do Parque Villa Lobos para tal. Anunciamos em nosso site, via e-mail e em algumas rádios e jornais – para os quais diretores da entidade concederam entrevistas, que a arena havia sido transferida para a USP. Da mesma forma anunciamos que “Apesar de todo o esforço e empenho realizados pela Secretaria do Estado da Juventude, Esporte e Lazer, não houve a possibilidade de se obter Autorização Judicial no sentido de liberação das dependências do Parque Villa Lobos para a realização do Evento”.

A véspera – organização e confraternização

No sábado, dia 26 de abril, portanto, a Corpore recebeu na praça da Reitoria da USP, milhares de corredores que foram retirar seus chips, camisetas e números de peito. O Exército Brasileiro estava presente: apresentações de suas ações e serviços de educação e saúde foram realizadas pelos militares brasileiros.

Para auxiliar as pessoas que não sabiam da mudança do local de largada e chegada das provas, a Corpore disponibilizou no Parque Villa Lobos uma banca de informações e duas vans para transportarem os corredores que não tinham condução até a USP.

 

Foi um dia de sol, onde além da entrega do material necessário para a participação da prova, a Corpore distribuiu junto ao kit, informativos sobre serviços que seriam prestados aos corredores como reserva de fotografias e inscrições nos times dos MARCADORES DE RITMO CORPORE.

Foi justamente no sábado, das 10h às 14h que dezenas de pessoas se aproximaram da barraca de informações, para conhecerem os líderes Marcadores de Ritmo. Lá, nesta ocasião, os interessados puderam conversar com os líderes, conhecerem suas táticas e decidirem por correr uma prova mais tranqüila, ao lado de corredores experientes. Entre os líderes, tivemos duas figuras excepcionalmente importantes: Maria Auxiliadora Venâncio e Luciano Prado. Dois ultramaratonistas experientes e reconhecidos internacionalmente por suas excelentes performances. Maria Auxiliadora é hoje treinadora da secretaria do Esporte, Lazer e Turismo de Taboão da Serra, enquanto que Luciano batalha por um novo patrocínio para continuar representando o país em competições internacionais.

O projeto, originalmente americano, foi trazido ao Brasil pelo Diretor de Comunicação da Corpore – Alfredo Donadio – em 1998 e 1999 para a Maratona de São Paulo. Desta vez, o projeto pode ser realizado novamente, e melhorado, na Primeira Maratona Corpore e na Meia Maratona Corpore.

A Gatorade um dos patrocinadores do evento levou no sábado alguns profissionais para atenderem os corredores interessados em receberem orientações nutricionais. Muitas pessoas usufruíram deste serviço especialmente planejado para este grande evento. A Nike também esteve presente na arena. Em seu stand exclusivo, expôs seus produtos aos corredores, e no domingo, distribuiu prêmios exclusivos aos primeiros colocados.

A prova – neblina, sol, suor e garra

Às 6h da manhã já haviam muitos corredores e acompanhantes na praça da Reitoria da USP. Momento de coletar as últimas informações, aquecer-se e alongar-se para encarar o desafio. A neblina da manhã cobria o topo das árvores da Cidade Universitária, dando um clima ainda mais especial ao evento: a expectativa era grande.

Medical Bikers posicionados por todo o percurso, aguardavam a passagem dos corredores. Na linha de largada, o coordenador dos bikers estava posicionado junto ao carro madrinha e ao carro de imprensa. Pilotando uma scooter, o médico do Sports Lab, Dr. Rogério Neves acompanhou os líderes da prova, comunicando-se com os médicos ciclistas via rádio, anunciando a chegada dos corredores, conforme avançavam o percurso.

Na largada dual – vias paralelas – os corredores encontraram mais conforto. E esperamos que com o passar dos anos, os participantes do evento acostumem-se cada vez mais a esse sistema, e possam distribuírem-se de maneira mais homogênea nas duas pistas, tornando ainda mais confortável para todos, o momento da largada.

 

Durante a primeira volta da Maratona – percurso referente ao da Meia Maratona, os corredores encontraram muita névoa. Mas além disso encontraram 6 postos de hidratação, 6 postos de distribuição de Gatorade, e mais 3 postos de hidratação para corredores de elite. Os maratonistas, na segunda volta do percurso, encontraram com os mesmos postos da Meia, mais 7 postos de água estrategicamente colocados entre eles. Assim, os maratonistas passaram por mais de 20 vezes por postos de água, 12 vezes por postos de Gatorade, e também por 3 postos de alimentação (na segunda volta).

 

 

A Corpore ofereceu uma infra-estrutura de qualidade superior ao padrão de exigências de órgãos internacionais, para comprovar sua preocupação maior com a saúde e boa performance de seus corredores.

Continue acompanhando as notícias sobre este grande evento. Em breve, publicaremos aqui, um material especial sobre o atendimento médico preparado e efetuado nas três provas realizadas neste domingo. Acompanhe de perto as ações dos voluntários e de toda a equipe Corpore, que trabalha intensamente desenvolvendo os melhores projetos para os atletas – sejam eles de elite ou amadores.

>Sorteios de planos de saúde Medicol Esportes

Leia também abaixo as declarações dos campeões, do presidente da Corpore e do Prefeito da USP (foto), e outras entrevistas especiais, feitas após o grande evento! Não fique de fora!

Declarações dos campeões

Maria Lucia Alves Vieira Moraes (Run&Fun/Dupont) Categoria Geral 6km:

– Passei seis meses fora competindo em corridas de pista. Agora que voltei, fiz questão de ser uma prova da Corpore a minha primeira. Foi na Corpore que comecei a correr e pra mim isso é muito gratificante.

Luiz Carlos Fernandes (Nike) Categoria Geral 6 km:

– Foi ótimo participar e ganhar esta prova, quase todos os anos eu participo da competição, e sempre pego podium. Vou continuar correndo o circuito da Corpore, que é muito bom.

Wanderson Martins de Souza São Paulo F.C.– Categoria Exército dos 6km:

– É um prazer enorme participar e correr. É um prazer ainda maior ser o primeiro militar a chegar, representar bem a instituição. Poderíamos estar entre os primeiros da categoria geral, mas estamos crescendo, melhorando, e com fé em Deus a gente chega lá. De qualquer maneira, estou muito contente.

Rosangela Raimunda Pereira - Vou Treinar - IV Meia Maratona:

– Vencer a prova foi muito bom, pois foi um desafio. Estou me preparando para a Maratona de São Paulo e corri dentro do que esperava, melhor ainda já que veio a vitória. A prova foi excelente, o percurso, os postos de abastecimento, a organização merece nota 10.

Frank Caldeira de Almeida - Petrópolis/ Pé de Vento – IV Meia Maratona:

- Esta foi a primeira vez que participei desta prova, e acho que foi muito bom pra mim. Tenho trabalhado para fazer bons resultados em provas de 10 mil metros, mas após a São Silvestre tive uma lesão que me colocou em repouso forçado. Volto agora bem em provas longas. Assim, espero fazer um bom trabalho de base para eu possa tentar um índice para o pan-americano. De qualquer forma, espero fazer meu melhor resultado no troféu Brasil, deste ano, e pelo que venho treinando, acredito que vou conseguir isso sim.

 

Maria Salete Scheneider Herld - Famastil Pref Canela – I Maratona:

– Fui muito bem, forte, na primeira volta do percurso, e na segunda volta, me senti sozinha, então diminui o ritmo. Mas tudo bem. Corri tranqüila e cheguei tranqüila. Ganhar uma competição é sempre maravilhoso e muito gratificante.

Sensacional a prova da Corpore. Realmente foi incrível. Desde o abastecimento, o incentivo das pessoas, toda a parte de organização foi maravilhosa.As pessoas que nos receberam foram extremamente atenciosas, em especial Dr. Mario Rollo – Diretor Técnico da Prova. Quando liguei pra ele pedindo um alojamento, ele se prontificou em arrumar tudo, e a partir daí a gente sentiu que a afinidade que tínhamos com a Corpore, só estava começando a crescer. Gostaríamos muito de ser associados Corpore. Acho que agora isso será possível. Sou de Canela no Rio Grande do Sul e essa foi minha primeira competição em São Paulo. Virei mais vezes certamente.

Willian Salgado Gomes - Petrópolis/ Pé de Vento - I Maratona:

– Apesar desta ter sido minha primeira maratona, consegui vencer, e fique muito feliz. Fiz um treinamento muito bom, com intenção de correr para 2:13/ 2:15 só que depois do quilômetro 10, fiquei sozinho e acabei diminuindo o ritmo. Mas graças a Deus, deu pra ganhar a corrida. A organização foi ótima, os postos de hidratação foram excelentes, o percurso em si também. Apesar dessa ser a primeira edição da prova, acredito que daqui uns anos o nível da elite vai ser ainda mais forte, e os resultados serão excelentes, com certeza.

Quarta colocada - Arlete Soares Adão – I Maratona:
- Fiquei um ano parada machucada e essa foi a minha segunda competição depois da minha recuperação. Só o apoio que a Corpore dá pra gente, já é emocionante. Coração nenhum resiste e as lágrimas vêm.

David Cytrynowicz - Presidente da Corpore:

"Vocês sabem que a utilização da USP, ainda que seja um lugar público, não tem o como foco a atividade física para a população em geral. De certo modo, foi a partir do ano passado que o Professor Massucato, aproximando-se junto a Corpore e aos corredores, conseguiu uma regulamentação para que a utilização do espaço aqui fosse mais fácil para todo mundo. Corredores, ciclistas, usuários da USP, motoristas, etc.

Queria aproveitar hoje de uma maneira triste, por outro lado, para falar sobre um assunto complicado.Vocês sabem que nós há duas semanas, tivemos a mudança da nossa corrida do Parque Villa lobos aqui para a USP. Há menos de duas semanas, portanto, pedimos a utilização da USP e fomos prontamente atendidos.

Tenho aqui o nome da entidade que entrou com a ação civil contra a utilização do Parque Villa Lobos: a entidade chama-se Associação Defenda São Paulo. Gostaria de saber de quem estão se defendendo? Estão se defendendo de nós corredores porque o Parque Villa Lobos – a ação diz exatamente isso – não é apropriado à pratica esportiva, e sim à contemplação. Aliás, se vocês lembrarem há quatro anos tivemos isso no parque do Ibirapuera. Devemos contemplar, então, talvez usando esteiras.

Mas de qualquer modo, isso é uma coisa passageira, e eu só queria aproveitar a presença do professor Massucato pra dizer o quanto é bom saber que se nos fecham uma porta outras nos são abertas, juntas conosco, lutando em prol do esporte.

Obrigado Professor Massucato".

Prof. Massucato - Prefeito da USP:

"Em primeiro lugar, gostaria de agradecer toda a diretoria da Corpore, onde realmente temos pessoas responsáveis, e que, com uma parceira com a Universidade de São Paulo, estamos viabilizando estas competições aqui dentro. Tenho certeza de que enquanto existirmos, todos nós, esportistas e atletas, existirá o bom senso, o respeito ao ser humano, o respeito ao meio ambiente. Isso nós podemos constatar agora aqui, pois vocês tomaram seus lanches e jogaram o lixo no lixo. Isto é educação. Nós esportistas somos cidadãos conscientes e responsáveis, por isso a Corpore é uma instituição séria, que faz suas ações de forma muito organizada.

Trago um recado no Reitor da USP: ‘Enquanto existirem instituições dessa natureza, Prof Massucato, abra as portas, pois estaremos dignificando não só são Paulo, mas todo o país’. E como cada um de vocês é uma peça dessa enorme máquina que é o nosso Estado de São Paulo, ela não pode falhar. Vamos mostrar que somos organizados, e que queremos o melhor para São Paulo e para o Brasil. Muito obrigado ao reconhecimento da Corpore. A USP estará sempre aberta às pessoas bem intencionadas. Muito obrigado”.

I Maratona Corpore da Cidade de São Paulo

1º - 02 - Willian Salgado Gomes - Petrópolis/ Pé de Vento 02:20:43
2º - 11 - Edmilson Rodrigues dos Santos - Maringa/PR - 02:21:28
3º - 995 - Jose Pereira da Silva - Sportivida/Pronto Neuro 02:22:49
4º - 09 - Paulo da Silva - Mizuno Ouro Fino 02:24:11
5º - 10 -Lindembergue Gomes Nunes - CORDF - Brasília 02:25:49

1º - 77 - Maria Salete Scheneider Herld - Famastil Pref Canela 02:54:49
2º - 78 -Alice C. Matos - Cordeiros Matos 03:00:54
3º - 81 - Zeneide Aparecida da Silva Corpo Inteiro 03:01:15
4º - 80 - Arlete Soares Adão 03:06:11
5º - 6827- Renilza Silva Evangelista Equipe Advaldo 03:19:38

4º Meia Maratona Corpore da Cidade de São Paulo

1º - 128 - Frank Caldeira de Almeida - Petrópolis/ Pé de Vento 01:04:52
2º - 125 - Daniel Lopes Ferreira - BMF&Pão de Açúcar 01:05:06
3º - 123 - Israel dos Anjos - Vou Treinar 01:05:26
4º - 122 - Gilson Rodrigues de Miranda - Symao/Nike 01:05:56
5º - 129 - Rildo Alves dos Santos 01:06:17

1º - 176 - Rosangela Raimunda Pereira - Vou Treinar - 01:15:58
2º - 8079 - Maria Sandra Pereira da Silva - 01:19:22
3º - 172 - Viviany Anderson Funilense/BM&F/Voloranti - 01:21:05
4º - 173 - Maria de Fatima Gomes da Silva Run& Fun - 01:22:45
5º - 177 - Conceição D. C. Oliveira YZSS Sport/lit - 01:24:05


6 Km Corpore Exército Brasileiro

1º - 10484 - Luiz Carlos Fernandes Nike 00:17:59
2º - 3386 - Fabio do Nascimento Park Nutri Sport 00:18:06
3º - 2760 - Leandro Prates Oliveira Find Yourself 00:18:09
4º - 8277 - Emerson Jose de Souza Nike 00:18:16
5º - 2875 - Luiz Paulo da Silva DC Grupo Basf 00:18:31

1º- 4129 - Maria Lucia Alves Vieira Moraes Run&Fun/Dupont 00:21:46
2º - 3385 - Beatriz G. do Nascimento Reebok Sports/Park 00:22:19
3º - 1014 - Flaviana Oliveira Ferreira M Calçados 00:22:59
4º - 1780 - Leandra Aparecida Piveta Seme Santa Bárbara 00:23:59
5º - 2717 - Maria Jose de Souza Circulo Militar 00:25:23

Troféu Exército

1º - 3213 - Wanderson Martins de Souza São Paulo F.C. 00:18:49
2º - 3015 - Nelson Teodoro Gomes CSSIIEX 00:19:14
3º - 3211 - Ricardo Luiz da Silva Nike/39 Bil 00:19:23
4º - 3205 - Oseias Santos 2º BOE 00:19:51
5º - 3212 - Misael Melo da Silva 39º Bil- Circulo 00:20:36

Faixas Etárias oficiais (CBAT - Corpore) - Premiação feita no Sábado dia 3 de maio, na sede da Corpore
PARA IV MEIA MARATONA CORPORE E I MARATONA CORPORE

16 a 19 anos nascidos entre 1984 e 1987 (qualquer dia do ano)
20 a 24 anos nascidos entre 1979 e 1983 (qualquer dia do ano)
25 a 29 anos nascidos entre 1974 e 1978 (qualquer dia do ano)
30 a 34 anos nascidos entre 1969 e 1973 (qualquer dia do ano)
35 a 39 anos nascidos entre 1964 e 1968 (qualquer dia do ano)
40 a 44 anos nascidos entre 1959 e 1963 (qualquer dia do ano)
45 a 49 anos nascidos entre 1954 e 1958 (qualquer dia do ano)
50 a 54 anos nascidos entre 1949 e 1953 (qualquer dia do ano)
55 a 59 anos nascidos entre 1944 e 1948 (qualquer dia do ano)
60 a 64 anos nascidos entre 1939 e 1943 (qualquer dia do ano)
65 a 69 anos nascidos entre 1934 e 1938 (qualquer dia do ano)
70 a 74 anos nascidos entre 1929 e 1933 (qualquer dia do ano)
75 a 99 anos nascidos antes de 1928 (qualquer ano e qualquer dia)

Patrocínio: Gatorade e Nike



 
Últimas notícias
Livro Missão Corpore
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Flávia de Almeida Prado

2002-2021 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH