Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Joaquim Cruz presenteia Corpore com foto que remete ao início da entidade

12/06/2006, por Marcel Trinta

Hoje a Corpore é o maior clube de corredores da América Latina, organiza e participa de diversas provas sempre com muitos corredores e cresceu junto com o esporte que a cada dia ganha novos adeptos.

Mas o que muitos não sabem é que a Corpore não nasceu com esses ideais. No começo dos anos 80 o número de corredores que freqüentavam o parque do Ibirapuera tornou-se bastante expressivo. Entre esses adeptos estavam diversos empresários que tiveram a idéia de criar um clube de corredores, que teria como finalidade fornecer apoio a atletas de elite que não possuíam condições de custearem seus treinos e promoverem corridas de qualidade.

Joaquim Cruz e Alberto Juantorena

Na época, os atletas olímpicos não podiam receber patrocínio de empresas, e muitos deles foram apoiados pela entidade. Entre eles, estava o atleta medalhista olímpico Joaquim Cruz. E ele próprio nos presenteou com a foto ao lado que é prova de que a Corpore o apoiou e ele, por sua vez, ajudou a elevar o nome da entidade.

No Meeting de Zurique em 1984, Joaquim correu como um atleta Corpore. “Nessa época eu estava na minha melhor forma física. Consegui correr na casa dos 1:42 pela primeira vez terminando em primeiro lugar na corrida”, lembra Joaquim.

Após perder o patrocínio de uma empresa de refrigerantes no início de 1984, a Corpore surgiu para apoiá-lo e permitir que ele permanecesse fazendo o que ele fazia melhor. Mas para o medalhista isso não foi o mais importante. “O fato de ter a oportunidade de representar um clube brasileiro na Europa na melhor fase da minha carreira esportiva foi o maior apoio que recebi da Corpore”.

No fim de 2005, Joaquim Cruz se emocionou mais uma vez com a entidade ao receber a medalha do mérito. Para ele, ver a Corpore crescer é motivo de orgulho, ainda mais quando consegue provar que participou do inicio da história da entidade: “Eu participei do início da história da Corpore e é legal ver uma entidade que nasce e continua seu trabalho. Eu passei por vários clubes que já acabaram, mas a Corpore continua aí firme, crescendo e apoiando outros atletas. Fazer parte dessa história com o recebimento dessa medalha é sensacional”.



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Marcel Trinta

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH