Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Experimento de Corrida em Diferentes Superfícies

23/05/2007, por Corpore

A corrida, como qualquer modalidade praticada, incorre em riscos de acidentes e lesões. Na corrida, por exemplo, o pé é a região que tem o contato direto com o solo e por isso, está exposto a uma condição mais estressante. Para se ter uma idéia, dependendo da velocidade, o impacto do calcanhar com o solo pode chegar de 3 a 4 vezes o peso corporal.

Existem situações em que esta condição pode ser acentuada. Uma delas é o tipo de piso utilizado para correr. Esta pode ser uma condição de grande influência no surgimento de lesões de acordo com a resposta do organismo de cada corredor a determinado piso.

Por este motivo o Laboratório da Biomecânica do Movimento e da Postura do Depto de Fisioterapia da Faculdade de Medicina da USP está realizando uma pesquisa comparando diferentes tipos de superfícies durante a corrida. Para participar é necessário ser praticante de corrida há no mínimo 1 ano, na faixa etária de 18 aos 50 anos, que calcem entre 35 e 43, com um volume de treino igual ou superior a 20 km/semana, que não tenham tido lesões músculo-esqueléticas nos membros inferiores nos últimos 6 meses e que não apresentem alterações posturais importantes em membros inferiores.

Serão realizadas corridas curtas (40 metros) onde uma palmilha colocada dentro de um tênis, conectada a um computador, medirá a sobrecarga do pé durante esta corrida. Isto gerará uma série de dados que depois de analisados poderão identificar qual o piso promove uma maior ou menor sobrecarga.

Cada participante receberá, posteriormente, um relatório designado de Avaliação da Pressão Plantar da Corrida in loco cujas informações mostrarão as magnitudes das sobrecargas, a forma como elas ocorrem e a questão da prono-supinação, sendo feita em ambiente de corrida (no asfalto, grama, tartan e concreto) e não em esteira ou em laboratório como normalmente se faz. Ou seja, será muito mais próximo da realidade de treino e prova. A foto ao lado demonstra parte do relatório entregue aos participantes do estudo como agradecimento pela praticipação. Neste relatório ainda consta uma avaliação quantitativa das magnitudes obtidas.

Estas avaliações ocorrerão no CEPEUSP, a partir das 7h, somente aos sábados, sem custos por se tratar de um trabalho científico. Para participar é necessário agendar um dia para sua realização, principalmente para sua comodidade. Para maiores informações e agendamentos de horários liguem para 99142272 ou mandem um email para [email protected], falar com Vitor Tessutti.



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Corpore

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH