Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Corrida Nike Plus - Veja como foi

17/06/2007, por Marcel Trinta

Vencedores
Resultados
Estatísticas Gerais
Galeria de fotos

O dia 17 de junho amanheceu com cerca de 11.500 pessoas se dirigindo para a Cidade Universitária. Não foi nenhum tipo de protesto, paralisação ou passeata que causou essa movimentação, mas sim a Corrida Nike Plus, que começou a receber os atletas a partir das 6h.

A entrega dos kits com camiseta, chip e número de peito foi feita durante os dias 14, 15 e 16 na própria USP, por isso os atletas já chegavam para a prova praticamente prontos, restando apenas se colocarem na linha de largada. Para ajudar no fluxo da entrada de atletas na USP, a Corpore ainda organizou um estacionamento de onde saíam ônibus e levavam os participantes até a arena da prova.

A grande maioria dos inscritos – mais de 8.000, representando cerca de 72% dos atletas – participaram dos 10km, que teve largada exatamente às 8h (PNEs largaram 5 minutos antes), na av. Prof. Melo Moraes, a av. da Raia. O clima ajudou e os corredores forçaram o ritmo desde o início da prova. Valkiria Sanches Prieto fez uma prova muito rápida e completou os 10km em 00:35:44, quase 3 minutos na frente da segunda colocada, que foi Rosangela Figueredo, com 00:38:39.

Mas a corrida de Valkiria não terminou por aí. Após cruzar a linha de chegada, ela continuou correndo e se posicionou para a largada dos 5km, que aconteceu às 8h50 (PNEs largaram 5 minutos antes). Valkiria, que tem a irmã gêmea Valéria, explica o caso: “Eu estava inscrita nos 10km, mas minha irmã não veio e fiz a prova dela também. Decidi isso hoje de manhã, quando cheguei. A idéia era fazer um bom tempo nos 10km pra conseguir largar nos 5km e ver no que dava”, afirmou Valkiria lembrando que ela nunca correu duas provas no mesmo dia. O resultado disso foi um segundo lugar na menor distância.

Valkiria foi superada por Simone Alves da Silva, que acabou fazendo uma corrida de superação. “Foi uma vitória sofrida, mas muito boa. Larguei atrás e tive que forçar para buscar a liderança. O clima ajudou bastante e no km 2 já consegui tomar a ponta”.

Entre os homens tivemos uma certa inversão. Quem acompanhou os últimos eventos Corpore e tivesse que fazer uma aposta nos vencedores, provavelmente diria que Adriano Bastos venceria os 10km e Marildo José Barducco seria o primeiro nos 5km. Eles realmente atingiram o lugar mais alto do pódio, mas Marildo correu a distância maior, enquanto Adriano foi o primeiro na prova curta. Mas os motivos para a escolha das distâncias foram diferentes. Enquanto Adriano correu os 5km pois ainda está se recuperando de uma maratona, Marildo correu os 10km por acaso: “A responsável pelas inscrições da minha patrocinadora tinha deixado de fazer minha inscrição nos 5km e eu estava com a inscrição nos 10km. Havia me preparado para correr os 5km, mas quando cheguei aqui optei por fazer os 10km mesmo e tentar ganhar”, contou o atleta que consegui tomar a ponta após o km 4 e depois disso venceu com tranqüilidade.

No meio do percurso, Marildo inclusive ouviu incentivos de Adriano que se dirigia para a largada da prova de 5k. “Não temos rivalidade e fiquei feliz por ele ter sido o primeiro nos 10km. Torço pelo Marildo, fiquei feliz com o seu resultado e acredito que ele deve ter ficado feliz por saber que também fui o primeiro”, afirmou Adriano.

A premiação dos primeiros colocados e das equipes com o troféu transitório foi presenciada por diversas pessoas, que além de ver a entrega dos troféus também acompanhavam o sorteio de tênis Nike para os participantes.

Entre os presentes, havia um grupo que participava pela primeira vez de uma prova Corpore. Normal, não? Sim, se todos eles não tivessem vindo de Salvador/BA para participar do evento. A organização da excursão e treinamento do grupo foi feito pelo professor André Vilar, da AV Running. “Nossa equipe existe há 2 anos e tínhamos a ânsia de viajar para outros estados. Peguei o calendário da Corpore e resolvemos vir nessa prova”, contou André que se admirou muito com o evento. “A organização é sensacional, uma lição pra gente. Água gelada – isso às vezes não tem em Salvador, imagine só – quilometragem certa, medalhas, kits bem feito. Vamos levar essas coisas pra lá e quem sabe conseguir uma prova assim daqui uns anos”.

André só encontrou uma pequena dificuldade, que na verdade, foi um beneficio aos outros atletas: o clima. “Sentimos um pouco frio, mas foi tranqüilo.”

Vencedores


10km

Marildo José Barduco Montevérgine
00:31:08
Everton Luduvice Moraes Nike
00:31:26
Wellington Correia Fraga Nike / Adauto Domingues

00:31:32

Orlando Dias Find Yourself
00:31:40
Djalma Santos Mariano Run&Fun Elite
00:31:43
Valkiria Sanches Prieto VO2 / Stefanini
00:35:44
Rosangela Figueredo E.C. Tavares
00:38:39
Lindinalva Saraiva da Silva Flavio Freire
00:38:56
Andrea Keilla Galvão Lemes Guarda Civil
00:40:21
Odete Conceição dos Santos Run&Fun
00:41:06

5km

Adriano Bastos P.Açucar / BMF / Power Bar
00:15:14
Marcos Francisco da Silva Trilopez
00:15:25
Ednaldo Caetano Vilela Cotia SEMEC

00:15:28

Rafael Santos de Novaes VO2/ Coppertone
00:15:29
José Rodrigues da Fonseca Find Yourself
00:15:30
Simone Alves da Silva Montevérgine
00:18:06
Valkiria Sanches Prieto VO2 / Stefanini
00:18:18
Rozirene Ferreira da Silva Nike
00:19:08
Jucimara Feliz dos Santos  
00:19:14
Olivia de Fatima Franco VO2 / Coppertone
00:19:44

 



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Marcel Trinta

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH