Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

1º Encontro Preparatório para do 17º Congresso Mundial AIMS

04/12/2007, por Marcel Trinta

O dia 24 de novembro de 2007 pode se tornar o marco do início de boas mudanças e benefícios para as corridas de rua, pois nessa data foi organizado pela Corpore o 1º Encontro Preparatório do 17º Congresso Mundial da AIMS, que será realizado em 2009 em São Paulo, na ocasião da Meia Maratona Corpore da Cidade de São Paulo.

O evento teve início às 10h no Mercure Grand Hotel, e David Cytrynowicz, Presidente da Corpore, explicou o porque desse encontro: “Com esse evento, quisemos trazer para o Brasil o que encontrei no Congresso de Xiamen e no Simpósio de Marathon, ou seja: uma troca de experiências e percepções de organizadores de provas e órgãos ligados ao esporte. Dessa forma podermos encontrar resoluções para problemas comuns e melhorar cada vez mais as corridas de rua no nosso país”.

Octávio Aronis, David Cytrynowicz e Martha Morales

Entre os presentes estavam Martha Morales (Diretora da AIMS), David Cytrynowicz (Presidente da Corpore), Amadeu Armentano (Presidente do Conselho Deliberativo da Corpore), Octávio Aronis (Vice-presidente da Corpore), Rodolfo Eichler, Cristina Aguiar (organizadora da Corrida da Integração – Campinas), Kelly e Valmir Nunes (Tribuna de Santos), Cristina Costa (Corrida de Reis – Cuiabá), Claudio Castilho (ATC), Paulo Silva (Marat.P.Alegre, 10 Milhas Garoto, Meia Vitória), Prof. Fiorizi (Meia Maratona de São Bernardo) e José João da Silva (JJS). Quem passou pelo encontro para mostrar seu apoio ao esporte foi Walter Feldman, Secretário Municipal de Esportes.

David iniciou o encontro falando sobre as razões da candidatura da Corpore e da cidade de São Paulo para o 17º Congresso Mundial da AIMS e os benefícios que esse evento pode trazer para todas as corridas do Brasil. “São Paulo será a porta de entrada, mas mostraremos todo o Brasil através da AIMS”, afirmou David.

Martha seguiu fazendo uma apresentação sobre a AIMS, sem esquecer de falar o que o Congresso de 2009 representará para a América Latina. “A importância desse congresso para a América Latina é muito grande para o continente, pois nunca houve um congresso aqui. Com isso podemos mostrar para pessoas de todo o mundo o atletismo aqui. A AIMS tem corridas em mais de 80 países, é importante estar em São Paulo e temos fé que o atletismo na América Latina vai crescer com a ajuda de congressos como esses no qual temos contato com outros organizadores internacionais”.

Um dos pontos mais discutidos no início no encontro foi a importância do poder público se envolver mais ativamente nas corridas de rua e nesses encontros. “Seria muito importante nas próximas edições contar com a presença de representantes de todos os órgãos oficiais do atletismo brasileiro. Só assim vamos conseguir melhorar a qualidade dos eventos e que o atletismo no Brasil progrida”, afirmou Cláudio Castilho, que gostou muito da iniciativa do encontro. “Esse tipo de encontro é sempre muito bem vindo. Como disseram o Octávio e David durante todo congresso esses eventos deveriam acontecer com freqüência, porque as soluções de problemas comuns entre todos os envolvidos em eventos de corridas de rua poderiam ser facilmente solucionados. Essa troca de experiência é fundamental e o Brasil ainda está engatinhando nesse sentido.”

Cristina Aguiar, representante da Corrida Integração, foi uma das mais ativas no simpósio e saiu bem contente do encontro. “Foi muito importante esse encontro para trocar informações, encontrar outros organizadores que acima de tudo tem uma preocupação que eu tenho que é com os participantes como um todo, pensando em todos os corredores.”

Após o almoço, outros pontos foram trazidos para a discussão, sempre mantendo todos atentos e mostrando que a corrida de rua enfrenta alguns desafios em todo o Brasil, entre eles como transformar corridas tecnicamente muito bem organizadas em grandes eventos, com participação da população. “As vezes temos um problema no Centro Oeste e achamos que o problema é só lá, mas aqui vimos que o problema é no Norte, no Sul, no Sudeste... temos problemas gerais e esse é o momento de fazer uma integração entre os organizadores de corridas de rua para que possamos aos poucos ir melhorando, aperfeiçoar cada vez mais”, contou Cristina Costa, representante da Corrida de Reis.

Após um encontro de mais de 7h, os organizadores e participantes saíram com respostas, idéias e uma certeza: eventos como esse são necessários e os assuntos são inúmeros.



 
Últimas notícias
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
Calendario de Eventos AIMS
Calendário AIMS
Curso Nacional de Nutrologia
 
Por: Marcel Trinta

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH