Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Campos do Jordão - Saiba como foi esta aventura Corpore

8/9/2003, por Flávia de Almeida Prado

Confira a declaração dos vencedores e participantes do evento que levantou a poeira em Campos do Jordão!
Confira as colocações do Presidente - David Cytrynowicz - na cerimônia de premiação e entenda mais sobre o evento

Não deixe de conferir a GALERIA DE FOTOS: Mais de 40 imagens do revezamento Corpore em Campos do Jordão

Para adquirir as fotos do evento - entre em contato com Juliana V. Cintra


Campos do Jordão – município do Estado de São Paulo, próximo ao sul do Estado de Minas Gerais – acolheu neste fim de semana um grande evento esportivo. Reunindo corredores e ciclistas, profissionais e amadores, a cidade recebeu a Corpore – Corredores Paulistas Reunidos, que após vários meses de preparação, realizou sua prova de aventura nas alturas. Foi a I Corpore Campos do Jordão 126km Corrida e Bike na Montanha.

Quinta feira, dia 4 de setembro, todo o staff Corpore, incluindo diretores voluntários, já se encontrava em Campos do Jordão, para colocar em prática uma idéia que proporcionou benefícios à cidade e aos visitantes.

Como na Ilhabela Corpore Terra e Mar, esta prova de aventura demandou uma organização calculada e precisa. Exigiu uma logística complexa e atenção a todo o momento. Pouco tempo de sono para os organizadores e a obstinação em realizar um evento que crie raízes na cidade-cenário da festa.

Sexta feira foi dia de distribuição de kits – números de peito, blacas de bikes, camisetas, torrones Montevérgine – patrocinador do evento -; e etc.. O trânsito para sair de São Paulo atrasou muitas equipes, o que provocou a finalização tardia na entrega do material. A última equipe a retirar seu kit, na arena montada na área de hipismo do Hotel Vila Inglesa, chegou com o local já sem iluminação, às 21 horas. Faltava pouco para a aventura ter início.

 

Seis horas da manhã do dia 6 de setembro. Sábado frio e úmido. Foi neste clima alpino que as equipes começaram a chegar ao Hotel Vila Inglesa para a qualificação de seus primeiros atletas – bravos corredores que enfrentaram o frio em prol da aventura e do espírito de grupo. As largadas foram dadas em intervalos de dois minutos, a partir das 6:30 da manhã. Quatro equipes por vez partiam para um trajeto que terminaria apenas ao final de 127km.

 

As 49 equipes participantes já estavam percorrendo os primeiros trechos da prova, antes das 7 horas da manhã. Na arena, o sol começava, tímido, a aparecer. A movimentação principal era dos ciclistas ansiosos, que esperavam o momento de darem suas contribuições aos times. No aquecimento, alguns já apareceram na tenda médica buscando curativos, pois já haviam descoberto um pouco mais sobre os sobes e desces do percurso de bike, desenhado pelo Corpo de Guias – entidade que organiza e divulga o ciclismo de aventura na região de Campos do Jordão.

Por volta das 9:40 da manhã, o primeiro corredor a retornar ao Vila Inglesa passou sua munhequeira a um de seus companheiros, e simultaneamente, liberou o ciclista para seu primeiro percurso – 4 voltas totalizando 20,6 km.

 

 

 

 

O desenrolar da prova foi aquecido pelo sol da montanha, que generoso, brilhou por todo o dia sobre a cidade. Os aclives e declives do percurso foram severos com os corredores, mas ao percorrer o trajeto, podia-se observar a expressão de conquista e orgulho no rosto dos participantes.

 

 

 

 

A última equipe a cruzar a linha de chegada teve festa de luzes das ambulâncias, sirenes ligadas, e muitos aplausos dos ainda presentes na arena. A escuridão já havia tomado seu lugar, e a última volta em grupo da equipe foi feita com escolta de batedores e também de uma das ambulâncias UTI’s que cobriram todo o evento. O ciclista, antes de se juntar aos companheiros de time, teve que fazer seu último trecho, de 2,4km, também escoltado pelo staff do Corpo de Guias. Isto tudo pois a organização do evento teve como prioridade cercar os participantes com a maior segurança possível.

 

 

 

A equipe Completa a vencer na Classificação Geral foi a equipe de Campos do Jordão. Seu ciclista impressionou devido à sua velocidade e agilidade dentro das trilhas da região. O time de número 60 completou os mais de 126km em 7h50m44s, sendo 6h46m17s de corrida.

A forte equipe Find Yourself Pro, vencedora da III Edição da Ilhabela Corpore Terra e Mar 2003, ficou com o segundo lugar na Categoria Geral Completa com o tempo de 8h01m53s, e faturou o primeiro lugar na Categoria Corredores com o tempo de 6h37m27s. Seu atleta Leandro Prates de Oliveira, também vencedor do trecho de Castelhanos, na prova de aventura de Ilhabela, obteve o melhor desempenho do trecho 8 – Pico do Itapeva – e já ganhou o apelido de “O Rei da Montanha”. Leandro completou este trecho, de 7,4km considerado muito difícil pelos planejadores do percurso, em 0h28m14s.

A premiação dos melhores deste desafio aconteceu na ensolarada manhã de domingo, também no Hotel Vila Inglesa. Após um farto café da manhã, servido no hotel às 10h, o presidente da Corpore, David Cytrynowicz deu início a cerimônia de premiação. Todos os corredores, técnicos e familiares presentes, reuniram-se no jardim do hotel para finalizarem juntos a grande festa que foi a I edição da Corpore Campos do Jordão Corrida e Bike na Montanha.

Veja mais dados sobre a prova – fornecidos pelo presidente da entidade durante a cerimônia de premiação e declarações dos colaboradores e vencedores do eventos, etc.. Fique ligado e acompanhe a cobertura deste grande desafio aqui no site da Corpore.

fotos: Juliana Cintra



 
Últimas notícias
Livro Missão Corpore
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Flávia de Almeida Prado

2002-2021 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH