Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Série de Reportagem - Thunderbird - Rock'n'roll nas ruas

11/9/2003, por Flávia de Almeida Prado

Mais uma entrevista com um associado Corpore especial! Luiz Thunderbird, é VJ, músico e maratonista, e nas linhas abaixo você poderá conhecer um pouco melhor a trajetória deste cara que não perde tempo, e parece nunca se cansar.





 


Corpore - Como começou a praticar corrida?

Thunderbird - Eu já tinha tomado a decisão de parar de fumar. Depois de uma primeira tentativa, aceitei o convite de um amigo para correr no Ibirapuera. Isso foi no dia 27 de outubro de 1998. Fomos para a pista de cooper e depois de um pique de 700m tive um pequeno piripaque. Fiquei ali tossindo e reclamando da minha condição física miserável. Prometi a mim mesmo que não fumaria mais. Joguei no lixo os dois maços que estavam no carro. No dia seguinte voltei e me arrastei por 1.500m. Me senti um campeão. De lá pra cá não parei de correr e nunca mais acendi um cigarro.

Corpore - Praticava outros esportes antes?

Thunderbird - Já havia tentado tênis quando estava no colégio. Faltou grana pro equipamento e tempo pra treinar. Quando já estava na Faculdade aprendi a nadar, pratiquei durante um ano. Depois deixei de lado. Só voltei ao esporte pra correr.

Corpore - Sua questão com as drogas foi exposta ao público em algumas ocasiões. Gostaria de saber como você conta esta história, e mais, saber principalmente como o esporte ajudou a mudar a sua vida.

Thunderbird - Na metade do ano de 97, consegui parar de usar drogas. Depois de um ano, me ocorreu que eu não morreria mais de overdose, mas poderia vir morrer de câncer. Era o momento certo e uma coisa levou a outra. Não dá pra fumar e correr ao mesmo tempo. E o meu caso com a corrida foi de verdadeira paixão. Ainda me lembro até hoje da minha 1º corrida da Corpore.

Corpore - Desde o início da sua carreira, pelo menos sob meu ponto de vista, você conquistou e cativou seu público que, no geral, é composto de jovens e adolescentes. Talvez, no início do seu trabalho na MTV, um estilo saudável de vida não era exatamente a idéia passada para o público, e talvez esta nem fosse a idéia, mas hoje a situação é bem diferente. Isso tudo sem ter que mudar seu estilo, nem ser artificial. O retorno do público, direto a você, mudou? As pessoas sacam essas mudanças ou não?

 

Thunder e seu técnico Marcos Paulo Reis

Thunderbird - Estou na TV há 13 anos. Quem era adolescente no começo, hoje é adulto. E os adolescentes de hoje sabem que eu tenho uma vida saudável. Tenho certeza que todo mundo aprovou essa mudança. As pessoas sacam e comentam comigo. É muito legal.

Corpore - Na verdade, para fugir do latente, conte o que você considera “uma vida saudável” e uma “vida pouco saudável e/ ou não saudável”.

Thunderbird - Uma vida saudável, pra mim, é curtir sem neuroses. Pratico minha corrida, vou à academia, durmo bem, me alimento bem, tenho meu tempo para o trabalho e para o lazer. Esse equilíbrio é fundamental.

Corpore - Quais os benefícios que a corrida trouxe para a sua vida que mais te surpreenderam?

Thunderbird - A corrida é divertida, me ajuda na minha higiene mental, na minha capacidade física, fiz muitos amigos e estabeleci novas prioridades. Proporcionou uma mudança radical no meu estilo de vida. Hoje sou um cara disciplinado.

Corpore - Os amigos que não são corredores te apóiam?

Thunderbird - Com a prática da corrida, nos treinos, nas corridas da Corpore, na Maratona de Nova Iorque, fiz grandes amizades. Os corredores são muito unidos e bem-humorados. Os que não correm parecem não entender do que estamos atrás. Eu entendo, eu também era assim. Mas já convenci muita gente a começar a correr. Acho isso um grande barato.

Corpore - Como você acha que as pessoas encaram o esporte hoje em dia, numa cidade como São Paulo, ou até mesmo no país?

 

Thunderbird - Acho que o brasileiro está abrindo os seus horizontes. Esporte no Brasil sempre foi futebol, mas com o passar do tempo, as pessoas perceberam que existem outras modalidades. A corrida cresceu muito nos últimos 5 anos. É um esporte muito prático. Você só precisa de um tênis para começar. Com o tempo, você descobre que tem muitas outras coisas bacanas para te ajudar na sua performance.

Corpore - Pelo que você pode avaliar e perceber, sem necessariamente basear-se em dados estatísticos, e etc, o jovem hoje pratica mais esportes que antigamente, ou isso é uma impressão equivocada?

Thunderbird - É óbvio que o jovem de hoje tem muito mais opções. Tem o skate, o surfe, o basquete, o vôlei, o tênis, a maratona, a natação. Tudo isso, muito mais ao alcance do que antigamente. E sempre vai haver o bom e velho futebol.

Corpore - Em sua opinião, o jovem de hoje usa mais drogas (mesmo que diferentes das consumidas na geração anterior)? Ou simplesmente hoje o consumo foi banalizado – mesmo que continue ilegal.

Thunderbird - As drogas sempre estiveram por aí. E ainda estão. Álcool e tabaco também são drogas e matam.

Corpore - O que você costuma dizer ou fazer para incentivar pessoas sedentárias a praticar esportes como a corrida?

Thunderbird - Sempre que tenho a oportunidade, falo da minha própria experiência. Acho que, às vezes, isso ajuda.

Corpore - Sendo uma pessoa que trabalha na mídia, você concorda com a idéia de que a atenção que os veículos de comunicação dão ao atletismo e outros esportes, em comparação ao tratamento dado ao futebol, tênis e automobilismo (F1), é praticamente inexpressiva? Quais as conseqüências disto para o público, que permanece na ignorância da existência destes esportes pouco divulgados?

Thunderbird - Acho que as coisas já mudaram bastante. Hoje nós temos mais acesso a outras modalidades, na própria mídia. Acho que a imprensa descobriu que as pessoas estão interessadas em outras práticas esportivas. É claro que o futebol ainda é o esporte nacional. O automobilismo tem muita grana de investimentos. O tênis teve sua projeção em função de termos o Guga como super campeão. Acho isso sensacional. Ele é um fenômeno. Mas é inegável que a corrida está crescendo e não vai tardar a revelar super atletas brasileiros. Já temos exemplos disso. Já temos brasileiros ganhando maratonas internacionais.

Corpore - Quando você se associou à Corpore, o que esperava da entidade? Hoje se sente satisfeito ou insatisfeito?

Thunderbird - Me associei porque queria fazer parte do universo da corrida. Tenho o maior orgulho de ser associado da Corpore, uma entidade sem fins lucrativos, que determinou o crescimento do esporte. Uma corrida organizada pela entidade é garantia de diversão e organização. Tenho certeza que pode melhorar. Isso é gradativo. Acho que o associado pode contribuir. E o empresariado também. Temos alguns exemplos como o Pão de Açúcar, o laboratório Fleury, a turma da Nike e outras empresas que perceberam que existe um público fiel e crescente de corredores.

Corpore - Para mostrar que é possível praticar esporte e ainda sim viver na correria, conte como arranja tempo para treinar e conciliar todos os seus compromissos profissionais e pessoais.

Thunderbird - Disciplina ajuda muito. E conto com profissionais pra me ajudarem. Meus treinos de corrida são monitorados pelo Marcos Paulo Reis. Ele e a equipe me dão assessoria há cinco anos. Fica muito fácil. Os caras são os melhores. A Fórmula Academia me ajuda na musculação. Trata-se da melhor academia da cidade. O São Paulo Futebol Clube me oferece toda a estrutura do departamento de fisioterapia. Tenho muito a agradecer a essas pessoas. Eles são sensacionais.

Corpore - Para você, o que significa superar seus limites?

Thunderbird - Essa é a motivação de qualquer atleta. Não vejo a hora de participar da minha próxima maratona. Esse é o grande barato do esporte.

Valeu, Thunder!!



 
Últimas notícias
Livro Missão Corpore
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Flávia de Almeida Prado

2002-2021 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH