Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

2012-II Circuito Infantil - Etapa 1- Historico I

12/06/2012, por Corpore
A seguir informativo sobre o Projeto Infantil-I, também usando os recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, atestando a importância do evento:


SAÚDE

 
A prática de atividade física na infância constitui-se um importante fator de proteção contra o desenvolvimento de sobrepeso e obesidade infantil, que podem estar associadas diversas doenças. A obesidade é um problema de saúde pública que atinge cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo, ou seja, um sexto da população mundial; destas, 300 milhões apresentam problemas clínicos associados ao excesso de peso. De acordo com a Abeso (Associação Brasileira de Estudos sobre a Obesidade e Síndrome Metabólica), 30% das crianças e adolescentes brasileiros são obesos. Entre as principais causas, estão o sedentarismo e os maus hábitos alimentares. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2005, o país tinha 66,5 milhões de habitantes com até 19 anos. Ou seja, em todo o país, atualmente, cerca de 20 milhões de pessoas nessa faixa etária estão muito acima do peso. Com o crescimento dos índices de obesidade nos últimos 30 anos, ela se tornou não só um problema de saúde pública, mas também um problema econômico em diversos aspectos. No Brasil, os gastos associados à obesidade são estimados em aproximadamente R$ 1,5 bilhão por ano e, destes, R$ 600 milhões recaem sobre o Sistema Único de Saúde (SUS), o que representa, aproximadamente, 12% dos gastos do governo com todas as outras doenças. É fato que a atividade física influencia na perda de gordura, também diminui o risco de obesidade por regular o balanço energético e influenciar a distribuição do peso corporal, preservando ou mantendo a massa magra. Este projeto colabora decisivamente com a saúde. Uma grande preocupação da obesidade infantil, é que crianças obesas têm um maior risco de se tornarem adultos obesos, contribuindo para aumentar a prevalência de morbidade e mortalidade na vida adulta. Assim, desde pequena a criança deve ser incentivada a uma vida mais ativa. A participação em atividades esportivas torna-se fundamental para o processo de crescimento e desenvolvimento de todas as crianças, oferecendo oportunidade para o lazer e integração social, promovendo o bem-estar psicológico, e o desenvolvimento de uma maior auto-estima e confiança, além de estimular a coordenação motora, a saúde esquelética, o sistema neuromuscular e a aptidão física.


 
Analisando o percentual de sobrepeso calculado com base no IMC das crianças participantes podemos ver que 41% apresentavam sobrepeso, principalmente nas faixas mais jovens.
As meninas apresentaram um grau evolutivo de peso normal constante, chegando à faixa dos 12 anos ao melhor índice com 73% das crianças com peso adequado, já os meninos alcançaram o melhor índice aos 10 anos, piorando nas faixas seguintes, como segue:
 
 
Para assegurarmos que estas crianças que participaram da primeira corrida levem uma vida mais saudável baseadas na prática esportiva, pedimos o apoio da ABRAN – Associação Brasileira de Nutrólogos para preparar um email que foi enviado para todos os pais das crianças participantes dando dicas e agradecendo a decisão dos pais de colocar os filhos no caminho do esporte.




 
Últimas notícias
Livro Missão Corpore
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
 
Por: Corpore

2002-2021 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH