Siga a Corpore
A Corpore LinksContato
 

Medical Bikers - Parceiros contam a história do projeto

8/4/2003, por Flávia de Almeida Prado

Na Primeira Corrida Pão de Açúcar Club, realizada no dia 23 de março deste ano, a Corpore contou com uma nova parceria em seu atendimento médico. No início do ano, os diálogos entre Sports Lab e Corpore começaram, e dele nasceu um projeto que já trouxe bons frutos aos corredores de rua: os Medical Bikers. Leia abaixo a história desta parceria e os planos para o futuro.


Equipe Médica Corpore
Sobre duas rodas
Dr. Milton Mizumoto, diretor médico Corpore, tinha uma idéia: a de implantar ciclistas vigilantes ao longo do percurso das provas da Corpore. Para tornar o projeto possível, seria necessário chamar pessoas não médicas, que munidas de rádio comunicador, acionariam as ambulâncias ou os pára-médicos nas motos, para atenderem eventuais emergências.

Desta idéia, os médicos do Sports Lab, viabilizaram um projeto ainda melhor: o de colocar médicos nas bicicletas, proporcionando ainda mais agilidade ao socorro imediato. Dr. Paulo Sérgio Barone, ortopedista do Sports Lab contou que todos os Medical Bikers são médicos gabaritados para realizarem este atendimento inicial, e acrescentou que assim ficou mais fácil a identificação de um atleta que pode vir a ter uma lesão no decorrer da prova. “O contato com o público foi impressionante. Todos se sentiram mais confortáveis, correndo mais seguros” disse o médico, que trabalhou sobre duas rodas, vasculhando a subida da Biologia.

Como cada Medical Biker estava com um rádio, (pelo qual poderiam falar entre si, e com a direção médica da prova), sua circulação permitia que saíssem para os lugares de maior concentração de corredores, com muito mais agilidade que as ambulâncias, que puderam ficar estacionadas em locais estratégicos.

Durante a prova foram oito pronto atendimentos, feitos pelos Medical Bikers, e treze depois da chegada, na tenda médica, totalizando 21. Não ocorreram casos graves, por isso, as ambulâncias não precisaram realizar transportes de pacientes.

Esporte na veia – prevenção de lesões
Segundo Dr. Rogério Neves, o Medical Biker participa também incentivando os corredores, lembrando quanto à hidratação e etc. Principalmente na I Maratona Corpore da cidade de São Paulo, de 27 de abril, o médico irá cuidar para que o atleta tome as precauções necessárias para que sua condição física não complique no final da prova. “Com isso acreditamos que conseguiremos diminuir muito o atendimento ao final da prova, na tenda médica” contou Dr. Rogério.

Assim, os Medical Bikers realizarão também um atendimento preventivo.
Uma preocupação constante dos idealizadores deste projeto foi o de padronizar, manter e aprimorar o atendimento médico das provas da Corpore. Assim, a preocupação em uniformizar os médicos ciclistas foi de extrema importância, isto para que a identificação daqueles ciclistas (médicos da organização) fosse imediata pelos corredores.

“Na maratona, teremos doze médicos em bicicletas, ou seja, o dobro da equipe da prova de março”, contou Dr. Paulo, e justifica isto pela necessidade de cobrir um percurso maior. “Ficamos alertas com a logística do atendimento, vamos repensar no visual dos médicos, para que as pessoas saibam que ali há um médico em cima da bicicleta, e que ele sabe como circular dentro da prova”, complementou Dr. Rogério.

Este projeto é inovador, e a parceria com a Caloi foi providencial. O Sports Lab é a responsável pelo atendimento aos atletas da equipe Caloi, o que possibilitou um contato rápido para a realização do projeto em conjunto com a Corpore.

Segurança e saúde
Uma das preocupações que apareceram no princípio das discussões, era sobre eventuais problemas de segurança que poderiam acontecer entre ciclistas vigilantes e corredores. Este foi outro catalisador para a substituição de ciclistas não médicos por médicos esportistas. Dr. Paulo contou: “Como quem esta em cima da bicicleta é um médico esportista, já lhe é natural a preocupação em agir e se locomover com segurança. Assim, não provocamos acidentes. O olho clínico de quem está na bicicleta, vê de longe quem é o possível paciente. Daí ele sabe a hora de ir lá e resolver o problema”.

Dr. Paulo mesmo contou que durante o percurso, em certo momento, reparou que havia um senhor que poderia estar passando de seus limites. Ficou de olho. Uma pessoa, que corria com este senhor, sinalizou para o médico que estava tudo certo. “Ele disse que estava tudo OK e que estava de olho no seu companheiro. Agradeceu minha atenção e nos parabenizou pelo trabalho”, lembrou Dr. Paulo.

Para aprimorar ainda mais o atendimento Corpore, e proporcionar um planejamento e orientação ainda mais preciso aos corredores, o Sports Lab irá auxiliar a entidade a fazer estatísticas dos atendimentos feitos durante uma corrida. Dr. Rogério colocou: “esses dados já existem em literatura, mas a partir de agora, teremos dados nossos, da Corpore. Estamos numa sintonia muito legal com Dr. Milton, para buscarmos aprimorar o atendimento todo, inclusive da tenda médica”. Assim, a entidade possuirá estatísticas como: que tipos de lesões aconteceram, em quais quilômetros, poderiam ser evitadas ou não. Isso em cada prova, possibilitando um planejamento ainda mais seguro das corridas do futuro.

Os Medical Bikers atenderam principalmente hipoglicemia, tendinite, câimbra. Dependendo do problema que o corredor tem, ele pode ou não continuar a prova. Se puder continuar, em alguns casos, poderá em um ritmo mais lento. De qualquer maneira, é o médico que irá avaliar a condição do corredor atendido. Assim, segundo Dr. Rogério, o medico pode auxiliar e melhorar a performance do corredor: “Se, por exemplo, ele tiver uma câimbra o médico ajuda, orienta a alongar e a voltar caminhando para o percurso. A forma dele retornar evita que ele sinta câimbra novamente”.

O Dr. Rogério, na prova Pão de Açúcar Club, foi acompanhando o primeiro corredor dos 12Km, no carro madrinha, onde também vai a imprensa. “Ter um médico no carro madrinha, como fui, possibilitou que fosse alertando e orientando todos os Medical Bikers sobre o que eles iriam encontrar ao longo do percurso. Pude antecipar muita coisa”, contou o médico. Na maratona, após a chegada do primeiro corredor, Dr. Rogério saltará do carro e acompanhará a prova em uma moto.

Dr. Paulo, como dito anteriormente, foi um Medical Biker. E não circulou em um trecho plano, mas sim na ladeira da Biologia. O médico e esportista conta que foi muito prazeroso participar ativamente do projeto: “foi muito bom, pois pudemos aliar duas coisas que gostamos de fazer: medicina e esporte. Para todo o grupo de Medical Bikers, acho que foi, além de novo, estimulante”.



Dr. Rogério Neves, Dr. Paulo Sérgio Barone, Dr. Sérgio Dias Reis - Equipe Sports Lab
O Sports Lab é uma clínica, um laboratório de avaliação física, que integra a área de medicina esportiva – parte de ortopedia e traumatologia do esporte, de fisiologia do exercício e nutrição – com treinamento.

“Avaliamos desde sedentários, a atletas de elite, dentro na necessidade de cada um. Fazemos isso dentro do laboratório e em meio externos. Utilizamos a telemetria, com alcance de até 20Km, para acompanharmos exames feitos ao ar livre, no habitat do esportista – para que possamos avaliar o atleta onde ele realmente pratica o exercício dele. Damos palestras em empresas, grupos de treinamento, academias, clubes, para mostrar como a avaliação física é importante para o treinamento, as ações preventivas, etc, para tentar dar uma gama de informações para que a pessoa aproveite da melhor maneira possível o exercício físico, sem causar lesão. Procuramos dar qualidade à prática esportiva. E na eventualidade e uma lesão, também damos suporte curativo”.





 
Últimas notícias
Centro Histórico 2019
Meia Maratona 2019
Análise genética potencializa resultados de dietas e ati ...
Livro do Murakami
Treinamento Mental
Certificado AIMS Meia Maratona
Pesquisa dor nos ombros
Sedentarismo no Brasil
Global Running Day
Meia Maratona 2018
Centro Histórico 2018
 
Por: Flávia de Almeida Prado

2002-2019 Corpore. Todos os direitos reservados. Política de privacidade
Orgulhosamente desenvolvido pela FTECH